21.5 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 30 novembro 2022

Antes quase eliminada, Argentina agora tem caminho acessível às semifinais da Copa do Mundo

Agora, toda a tensão vivida na primeira fase pela Argentina fica para trás, e um novo campeonato começa

O que esperar de Brasil x Suíça pela segunda rodada da Copa do Mundo do Catar

Em caso de vitória, Seleção Brasileira ficaria em ótimas condições de classificação para as oitavas de final

Com direito a viradas históricas, seleções surpreendem na primeira rodada da Copa

Início da Copa do Mundo FIFA 2022 reservou surpresas para os fãs de futebol.

Missão impossível? Em grupo complicado, Japão tenta surpreender na Copa do Mundo

Seleção Japonesa nunca conseguiu superar a barreira das oitavas de final, fase que foi atingida nas copas de 2002, 2010 e 2018.

O sorteio das chaves da Copa do Mundo de 2022 não rendeu boas notícias ao Japão. A equipe asiática acabou ficando no Grupo E, junto das potências Espanha e Alemanha, além da sempre incômoda Costa Rica. O prognóstico não é dos mais fáceis, mas os Samurais Azuis não se dão por vencidos.

Conhecidos por seus poderes organizacionais enquanto sociedade, os japoneses passaram de um povo sem tradição no futebol para uma verdadeira potência na Ásia, com honrosas aparições em torneios da FIFA, tendo o brasileiro Zico como uma das bases deste processo. Em 2022, o Japão entra em sua sétima participação em Copa do Mundo, apostando em uma geração renovada e com nomes de relevância nas grandes ligas europeias.

Japão sem craques, mas com bons jogadores

Nas últimas décadas, o mundo do futebol se acostumou a ver atletas de renome atuando pela seleção, como Shunsuke Nakamura, Hidetoshi Nakata, Shinji Kagawa e até mesmo Keisuke Honda, ex-Botafogo. Hoje, a situação é diferente e o time é composto por mais “operários”, apostando fortemente no jogo coletivo. Entre os 11 que costumam compor o escrete nipônico, no entanto, alguns nomes carregam nas costas currículos de valores. O meia-atacante Takumi Minamino-FRA, que hoje defende o Monaco, já passou pelo Liverpool-ING. Seu companheiro de criação é Daichi Kamada, destaque do Eintracht Frankfurt-ALE, atual campeão da Liga Europa.

Na defesa, os responsáveis por oferecer segurança são os zagueiros Maya Yoshida, do Schalke 04-ALE, e Takehiro Tomiyasu, do Arsenal-ING.

Para fazer história

A Seleção Japonesa nunca conseguiu superar a barreira das oitavas de final, fase que foi atingida nas copas de 2002, 2010 e 2018. No Mundial da Rússia, a equipe chegou a levar a decisão para prorrogação, diante da Bélgica, mas foi eliminada. Para chegar ao sonho das quartas de final, será preciso derrubar os gigantes da fase de grupos, além do futuro cruzamento contra as equipes do Grupo F – Croácia, Bélgica, Marrocos e Canadá.

+ Copa do Mundo – Grupo D: França e Dinamarca devem protagonizar disputa própria diante da fragilidade de Tunísia e Austrália

A parada é complicada, mas para os verdadeiros Samurais, nada é impossível. E caso os jogadores encarnem o eterno Tsubasa, craque dos animais, os rivais terão muito trabalho.

O personagem Tsubasa marcou época no Brasil com o anime “Super Campeões
O personagem Tsubasa marcou época no Brasil com o anime “Super Campeões” – Foto: Reprodução

  •  Time-base (4-5-1): Shuichi Gonda (Shimizu S-Pulse-JAP); Hiroki Sakai (Urawa Red-COR), Takehiro Tomiyasu (Arsenal-ING), Maya Yoshida (Schalke 04-ALE), Yuto Nagatomo (FC Tokyo-JAP); Wataru Endo (Stuttgart-ALE), Hidemasa Morita (Sporting-POR); Junya Ito (Reims-FRA), Daichi Kamada (Eintracht Frankfurt-ALE), Takumi Minamino (Monaco-FRA); Takuma Asano (Bochum-ALE).
  • Técnico: Hajime Moriyasu
  • Capitão: Maya Yoshida
  • Destaque: Takumi Minamino
  • Jogos: Tunísia (22/11); França (26/11); Austrália (30/11).
  • Prognóstico: Eliminação na fase de grupos
  • Melhores participações: 2002, 2010 e 2018 (oitavas de final)
  • Ídolos históricos: Shunsuke Nakamura e Yasuhito Endo
  • Maior goleador: Kunishige Kamamoto (75 gols)
  • Jogador que mais vezes atuou: Yasuhito Endo (152 jogos)

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: