18.4 C
Belo Horizonte
terça-feira, 31 janeiro 2023

Nas quartas, Holanda e Argentina reeditam confrontos históricos da Copa do Mundo; relembre

Retrospecto é extremamente equilibrado, com duas vitórias para cada lado e um empate

Alguns embates entre seleções na história da Copa do Mundo se repetem ao longo dos anos, em fases decisivas e, por isso, acabam ganhando contornos especiais de rivalidade. Esse é o caso do duelo entre Holanda e Argentina, que já aconteceu cinco vezes em Mundiais e irá ocorrer novamente no Catar.

O retrospecto é extremamente equilibrado, com duas vitórias para cada lado e um empate. Os argentinos, porém, podem se gabar de que um de seus triunfos foi numa final, e valeu o primeiro título mundial da Albiceleste. O reecontro será na próxima sexta-feira (09), às 16h, pelas quartas de final da Copa do Mundo de 2022.

1974  – Holanda 4×0 Argentina

A Holanda foi o grande time da Copa de 74, mesmo não tendo sido a campeã, derrotada para a anfitriã Alemanha na finalíssima. O time liderado por Johan Cruyff fez história e teve uma jornada espetacular, eliminando, inclusive, o Brasil, que era o atual dono da taça. Durante a trajetória, uma das vítimas foi a Argentina, que perdeu por 4 a 0 para o Carrossel Holandês, em jogo da fase de grupos. Os gols europeus foram de Cruyff, duas vezes, e Ruud Krol e Johnny Rep.

Baile holandês em 74
Baile holandês em 74 – Foto: FIFA

1978 – Argentina 3×1 Holanda

Quatro anos depois, o troco dos hermanos. Em uma das Copas mais polêmicas de todos os tempos, que aconteceu na Argentina durante o regime ditatorial militar do país, a equipe dona da casa foi campeã, a trancos e barrancos e sob a batuta do craque Mário Alberto Kempes.

A final terminou empatada no tempo regulamentar em 1 a 1, com gols de Kempes e Nanninga. Mas na prorrogação, mais uma vez, a Holanda viu o sonho do título escapar pelos dedos, pois a Argentina fez dois gols, com Kempes e Bertoni, vencendo por 3 a 1 e se tornando a grande campeã.

1998 – Holanda 2×1 Argentina

No Mundial da França, holandeses e argentinos realizaram um dos mais famosos jogos de Copa do Mundo da contemporaneidade. O gramado do estádio Velodrome, em Marselha, mais parecia um céu, com tantas estrelas presentes. Do lado laranja, Bergkamp, Seedorf, Van der Sar e Kluivert. Pelo escrete azul e branco, Zanetti, Veron, Simeone e Batistuta.

A partida foi equilibrada, e caminha para ser decidida na prorrogação, assim como a final entre os países 20 anos atrás. A Holanda abriu o placar com Kluivert, no início do primeiro tempo, mas não demorou muito para o empate da Argentina, que saiu com Cláudio López. No entanto, o melhor jogador presente na partida foi decisivo. Aos 45 minutos do segundo tempo, surgiu Dennis Bergkamp, marcando um golaço histórico, que entrou para a eternidade das Copas e botou a Holanda na fase seguinte.

Bergkamp e um dos maiores gols da história -
Bergkamp e um dos maiores gols da história – Foto: FIFA

2006 – Holanda 0x0 Argentina

O duelo de menor repercussão aconteceu em 2006, na Copa do Mundo da Alemanha. Já classificadas para o mata-mata, as seleções mediram forças na última rodada da fase de grupos e não saíram do 0 a 0.

Duelo foi carente de jogadas criativa
Duelo foi carente de jogadas criativas – Foto: FIFA

2014 – Argentina 0 (4)x(2) 0 Holanda

Oito anos depois, um novo empate rondou o duelo. Porém, na ocasião, o Itaquerão sediou uma grande partida, válida pela semifinal do Mundial do Brasil. Apesar do 0 a 0, as equipes protagonizaram um embate eletrizante que só foi resolvido nos pênaltis, com triunfo dos hermanos.

Goleiro Romero foi o herói argentino
Goleiro Romero foi o herói argentino – Foto: FIFA

O reencontro entre os rivais volta a prometer equilíbrio. A Holanda está invicta na Copa do Mundo, com três vitórias e um empate, e aposta num jogo pragmático, baseado em uma forte defesa e um talentoso ataque. Já a Argentina, que se recuperou após derrota na estreia, joga todas as fichas em Lionel Messi e em um estilo de jogo que proporciona conforto para que o gênio da camisa 10 possa resolver.

Confira as cotações da Betano para o jogo e para o título: 

  • Vitória da Holanda: 3.85 
  • Vitória da Argentina: 2.20 
  • Holanda campeã: 18.0 
  • Argentina campeã: 6.0 

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: