18.9 C
Belo Horizonte
sábado, 1 outubro 2022

O futuro dos campeonatos estaduais

Veja quais são os principais problemas que os campeonatos estaduais possuem que podem causar o seu fim
Portal Mais MinasFutebolAtlético#SupremaciaEstadual: 12ª final seguida, em busca de ser o maior campeão da década

#SupremaciaEstadual: 12ª final seguida, em busca de ser o maior campeão da década

Com o jogo deste domingo (08/04), o Atlético pode conquistar o segundo Campeonato Mineiro seguido, sagrando-se bi-campeão, porém, para além desse número, o time alvinegro pode se consolidar como maior campeão estadual dessa década, chegando a 5 títulos conquistados desde 2011, enquanto seu rival, nesse período, ganhou apenas duas edições, podendo chegar no máximo a quatro conquistas até o final dessa década.
Desde 2011, o time atleticano foi campeão nos anos 2012, 2013, 2015 e 2017, e o seu maior rival Cruzeiro, levantou a taça em 2011 e 2014, já o América-MG, nesse período, conquistou o título de 2016. Assim, temos no total:
1º – Atlético: 4 títulos (desde 2011)
2º – Cruzeiro: 2 títulos (desde 2011)
3° – América: 1 título (desde 2011)
Assim, caso o Galo seja campeão neste domingo, o time alvinegro chega a sua 5ª conquista Estadual desde 2011 e, restando em disputa apenas mais dois Campeonatos Mineiros antes do fim dessa década, (no ano de 2020), mesmo seu rival conquistando esses dois títulos restantes, fica impossível passar o Atlético pois, o Cruzeiro vai chegar, no máximo, em 4 troféus estaduais até o fim de 2020. Deste modo, se o Atlético conseguir levantar a taça no final de semana, vai ser consolidado como maior Campeão Mineiro da década, garantindo assim a supremacia em estaduais dentro deste período. Além disso, essa vai ser a 12ª final seguida do Galo no Campeonato.
Na primeira partida da final, realizada  no último domingo (01/04), O Atlético venceu o time cruzeirense pelo placar de 3 a 1 (relembre: https://maisminas.org/atletico-3-x-1-cruzeiro/), mas o artilheiro Ricardo Oliveira apontou que é preciso seguir atento, sem relaxamentos.
“Não vai acontecer relaxamento. Não é perfil desse time, não é perfil nosso. Sabemos que é um troféu em disputa e que, do outro lado, tem um grande time. Sabemos que é final e que precisamos de toda a atenção e todo o cuidado. A gente sabe que precisa de um grande jogo para conquistar o título”, disse Oliveira.
“Todos aqui estão conscientes de que não tem nada ganho e precisamos fazer um grande jogo no domingo, respeitando o time do Cruzeiro. Fazer o nosso jogo, fazer o nosso jogo forte. Entender que estamos disputando um troféu, temos uma vantagem, mas não podemos pensar nela antes do jogo. Temos que entrar muito concentrados para fazer um grande jogo e conseguir o objetivo maior, que é o título”, finalizou o artilheiro.
A segunda partida decisiva entre Atlético e Cruzeiro, que vai definir o Campeão Mineiro de 2018, acontece neste domingo (08/04), às 16h, no Mineirão. O mando de campo é do Cruzeiro que, consequentemente, vai contar com 90 % da torcida no estádio, enquanto o Atlético, os outros 10%. Com a vitória por 3 a 1 na primeira partida, o Galo garantiu vantagem, e assim, se sagra campeão com vitória, empate ou até derrota, desde que ela seja por um gol de diferença.
Leia também:

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: