Asas & PoesiasColunas

(Estou) na essência da poesia

Quem sou é uma resposta
Complexa demais para mim
E meus tantos versos que
Mudam com toda a certeza.

Deixo-me apresentar na essência
Da poesia como amante de sua beleza.
Daqueles a cortejar para uma dança
A beira de um lago, sendo seu
A todo o instante…

Não queiram saber
Como é a minha verdade,
Mas sim, de que maneira
Dialogo com esta verdade
Existindo em meu interior.

Prefiro que me leem
Plenamente em um lugar
Tranquilo e aconchegante,
Do que tentar pesquisar sobre
Minha vida e todas as coisas
Em que pudesse escrever.

Quem não tira um tempo
Para ser um leitor,
Jamais terá condições
De se alimentar da substância
Aplicada por minhas palavras
Que são as ideias se manifestando
Através dos ‘olhos poéticos’.

Esses olhos a perceber
O mundo e suas travessuras,
Enquanto se questiona
A respeito das faltas de atitudes.

 É esta essência que me deixo ser quem sou?

 Conte-me: [email protected]

Asas e Poesias é uma coluna de poesias escrita pelo poeta Ricardo Oliveira com liberdade de levar mais suavidade para a vida do ser humano.

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios