O que você procura?


Itabirito completa 98 anos com 90% da população adulta parcialmente imunizada contra a Covid-19

Rômulo Soares 6 de setembro de 2021 às 21:58
Tempo de leitura
3 min
Foto: Facebook/Prefeitura de Itabirito
Foto: Facebook/Prefeitura de Itabirito

Conhecido na época como “Itabira do Campo” (distrito criado em 1752 e subordinado a Ouro Preto), Itabirito se tornou uma vila com a denominação que é usada hoje no dia 7 de setembro de 1923. Tudo começou no século XVIII, entre 1706 e 1709, em que o Capitão-Mor Francisco Homem Del Rey e o piloto da Nau Nossa Senhora da Boa Viagem, Luiz de Figueiredo Monterroyo, chegaram na região em busca de ouro.

A partir de 1752, já na condição de Distrito Colonial de Vila Rica, o lugar recebeu o nome de “Itabira do Campo”, que perdurou até o ano de 1923, quando emancipou-se politicamente no dia 7 de setembro, com o nome de Itabirito. Essa denominação é originária do Tupi, que significa “pedra que risca vermelho”, que se trata de um nome de um minério de ferro abundante na região.

O fato de Itabirito ser localizado entre Ouro Preto e o antigo Curral del Rei, local escolhido para se tornar a nova capital de Minas Gerais, tornou a cidade um ponto estratégico de parada dos tropeiros que transitavam entre os dois lugares.

Durante o século XIX, houve um crescimento na imigração de pessoas para Itabirito, por conta da exploração aurífera e construção da Estrada de Ferro. Hoje, a cidade conta com uma população estimada de 51.281 habitantes e uma área de 543 km², pertencendo o Colar Metropolitano de Belo Horizonte.

Em 2021, Itabirito completa 98 anos de história e o marco sanitário da Covid-19 ainda permanece na realidade da rotina de todos no país. Por outro lado, um sinal de esperança é o fato da cidade aniversariante ter alcançado a marca de 90% da sua população adulta parcialmente imunizada contra a doença, de acordo com os dados da Secretaria de Estado de Saúde. Além disso, 38% das pessoas com 18 anos ou mais estão completamente imunizadas no município.

Ao todo, segundo a Secretaria de Saúde de Minas Gerais, Itabirito aplicou 34.304 imunizantes de primeira dose, 13.351 da segunda e 1.241 da dose única. Levando em consideração toda a população itabiritense, 68% está parcialmente imunizada e 29% foi vacinada completamente.

Preocupação

Apesar da vacinação apontar esperança, Itabirito ainda tem dados epidemiológicos preocupantes, sendo a cidade da Região dos Inconfidentes que mais confirmou casos de Covid-19 e teve mortes pela doença. Ao todo, 13.670 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus e 160 morreram. Outros 13.455 itabiritenses se recuperaram, mas o Município ainda investiga 112 casos suspeitos de terem contraído o vírus.

Errata: Itabirito está comemorando 98 anos, e não 90 como citado anteriormente.

Última atualização em 6 de setembro de 2021 às 23:09