Ultimate magazine theme for WordPress.

Menores são apreendidos com veículo furtado em Manhuaçu

Na madrugada de quinta-feira (18), a Polícia Militar foi acionada após um homem ter seu carro furtado na Rua Luiz Rodrigues Sette, bairro Petrina, em Manhuaçu, região Sudeste de Minas Gerais. Durante as buscas, dois adolescentes de 16 e 17 anos, foram apreendidos com o carro.

O veículo furtado, um uno da cor cinza, começou a ser procurado após o acionamento da PM. Em patrulhamento, o carro foi encontrado próximo ao cemitério municipal de Manhuaçu. Assim que o condutor do veículo percebeu a presença da viatura policial, ele tentou fugir. Entretanto, próximo a rua Avelino Dutra o motorista perdeu o controle do veículo e bateu na parede de um estabelecimento comercial.

Os autores do crime, um jovem de 16 e outro de 17 anos, foram apreendidos e encaminhados à delegacia em companhia de seus responsáveis. Em conversa, eles contaram que utilizaram uma chave mixa para abrir e ligar o veículo, além de afirmarem que apenas iam dar “uma volta pela cidade”. O veículo foi recuperado.

Leia também: Menores são apreendidos por suspeita de tráfico de drogas em Itabirito

Menores infratores

Com origem jurídica, o termo “menores infratores” se refere a adolescentes, menores de 18 anos, que praticam algum ato considerado como crime. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), existe uma diferença entre crianças infratoras (indivíduos de até 12 anos incompletos) e adolescentes infratores (de 12 a 18 anos).

As crianças infratoras estão sujeitas a medidas de proteção e não podem ser internadas. Entre as medidas do ECA estão: o encaminhamento aos pais, matrícula e freqüência obrigatórias em escola da rede pública, abrigo em entidade ou colocação em família substituta.

Já os adolescentes infratores podem estar sujeitos às medidas socioeducativas. Entre elas estão: internação forçada, advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade ou regime de semi-liberdade

Comentários do Facebook