Ultimate magazine theme for WordPress.

Minas registrou aumento de 15% em abertura de empresas

A Junta Comercial do Estado de Minas Gerais (Jucemg) registrou a abertura de 53.758 novas empresas em terras mineiras em 2019. O número corresponde a um aumento de 15% em relação ao ano anterior, que foi de 46.730. O mês com maiores registros foi o de julho que apresentou 5.276 constituições e crescimento de 31,5% em relação ao mesmo mês de 2018.

Com isso, o estado de Minas Gerais começa o ano de 2020 com 751.450 empresas ativas. Destas, quase 364 mil atuam no setor de serviços, pouco menos de 309 mil estão no setor de comércio, e outras 79 mil são indústrias.

Analisando mais as empresas que tiveram abertura no estado de Minas Gerais, nota-se que 600 mil são microempresas (receita bruta anual igual ou inferior a R$ 360 mil), 59 mil são Empresas de Pequeno Porte (EPP), (com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões), e 92 mil são empresas de maior porte (com receita bruta superior a R$ 4,8 milhões por ano).

Segundo o vice-presidente da Jucemg, Sauro Henrique de Almeida, o aumento de aberturas de empresas no estado está ligado às medidas de simplificação dos processos adotados pela própria Jucemg, que, em conjunto com o Governo Romeu Zema, trouxe uma política de desburocratização dos negócios. Ainda é preciso ressaltar a Lei da Liberdade Econômica (13.874/19), que trouxe maior liberdade das empresas agirem no mercado.

Os dados da Jucemg não contam os Microeempreendedores Individuais (MEIs), que se registram diretamente no portal do empreendedor do governo federal.

Empregos em Minas

Com o aumento do número de empresas abertas no estado, os números de empregados também subiram. Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o estado de Minas Gerais está entre os primeiros estados da federação que mais geram emprego em todo o país, em 2019.

De acordo com o levantamento, das 43.820 vagas abertas no Brasil somente no mês de julho, Minas foi responsável por 24% dos novos postos. Com a criação líquida, que aponta a diferença entre contratados e demitidos, foram gerados, no total, 10.609 oportunidades.

Comentários do Facebook