Asas & PoesiasColunas

Mistério da Rosa

Encontro numa rosa o perfume da poética linguagem do coração. Este coração a falar de amor e de tantas belezas existentes dentro de cada ser humano. Quantas vezes deixamos de refletir sobre a sensibilidade das flores e sua essência? Qual seria o motivo de tanta falta de ternura?

Recebo o desabrochar da alegria de uma simples rosa, e ela me dialoga comigo a respeito de si mesmo. Até pelo fato de ser divinamente delicada e transbordante de pureza. Quem disse que as flores não podem se comunicar com o meio em que estamos vivendo?

Se soubermos o quanto elas nos relatam, mudaríamos a nós mesmos, nos transformando em algo melhores. Suas histórias são inexplicáveis e seus mistérios nos envolvem de docilidade, assim, somos capazes de enxergar os Outros com a face da verdadeira poesia.

Uma face no qual os encantos são místicos! Vivemos num mundo cada vez mais mercantilista, no qual o importante é o ter e não o amar sem nada em troca. Rosas são motivos para termos nossas vidas restauradas pelas suas pétalas. O interior passa a conter versos contemplativos da existência.

Quando levei a rosa para casa e a dei a uma pessoa especial, pude observar a manifestação do ato da palavra AMOR e como ela transborda a alma em sintonia com o SAGRADO. Não sei explicar a sensação a tomar meu corpo, porém, posso confirmar: Os sonhos moram nelas, por isso, choram as rosas…

De que maneira te deixastes mudar pelo simples ato de contemplar uma flor?

 Conte-me: [email protected]

Leia também:

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios