Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Mulher é esfaqueada pelo namorado na porta de casa, no Vale do Jequitinhonha

PUBLICIDADE

Uma mulher de 44 anos foi assassinada com 26 facadas na manhã deste domingo (13), no Povoado de Lamarãozinho, em Berilo, no Vale do Jequitinhonha. O suspeito? Seu namorado, de 67 anos. Ele teria armado uma emboscada para assassiná-la na porta da casa onde ela morava. A mulher, que estava ao telefone com um idoso de 75 anos anos, tentou pedir ajuda, mas não conseguiu e foi atacada pelo namorado.

Ao ouvir os gritos da vítima, o homem que estava com ela em ligação no celular ligou para o irmão dela e foram juntos à casa dela ver o que estava acontecendo. Ao chegarem no local, encontraram o corpo da mulher bem na porta de casa, com muito sangue. As paredes e a entrada também estavam com sangue.

Os policiais conseguiram encontrar a arma utilizada no crime, a lâmina e o cabo da faca estavam separados, o que indica que teria quebrado durante o crime. A perícia observou que os principais golpes foram no rosto e na cabeça da mulher, mas também encontraram perfurações nos braços e na barriga.

O relógio do suspeito foi encontrado todo sujo de sangue na casa onde a mulher foi assassinada. Ele foi visto andando pelo vilarejo, também todo sujo de sangue, apenas alguns minutos depois de cometer o crime. Ele fugiu, mas antes disso, passou na casa de um conhecido e disse para ele cuidar da casa e do seu cachorro. Ele confessou o crime para o amigo, alegando que ela se relacionava com outros homens. O homem disse, também, que se mataria.

No sítio em que ele vivia, os policiais encontraram uma garrucha, uma espingarda e várias munições. A polícia fez o rastreamento na região, mas o suspeito ainda não foi encontrado.

Mais de 10 mil casos de violência doméstica contra mulher são registrados no sul de Minas Gerais

O Sul de Minas registrou, em apenas seis meses, mais de 10 mil casos de violência contra mulher. Os dados apresentados pela Polícia Civil de Minas Gerais trazem um problema que, diante dos números, ainda é recorrente e que deve chamar a atenção.

O estado de Minas Gerais já registrou quase 145 mil casos de violência doméstica e familiar contra a mulher no ano de 2018. Neste ano, foram registrados mais de 74 mil casos entre janeiro e junho. Recentemente, o Sul de Minas vem sendo grande protagonista de novos casos de violência e feminicídio, chegando a grandes proporções.

Os casos de estupro no Sul de Minas Gerais também apontam grandes números. De janeiro a agosto só deste ano, foram registrados 60 estupros e 12 tentativas.

Deixe seu comentário
Participe gratuitamente do nosso grupo de notícias no Telegram -> ENTRAR.
você pode gostar também