23.3 C
Belo Horizonte
domingo, 4 dezembro 2022

Renova Excursão

146 anos da Escola de Minas, em Ouro Preto

Reconhecimento e homenagem à construção de uma história que se efetivou em 12 de outubro de 1876, e até hoje é referência na produção do conhecimento científico e tecnológico da nossa cidade e do país. Esse foi o espírito do evento que a prefeitura participou no dia 7 de outubro, em comemoração aos 146 anos da Escola de Minas e 180 anos do nascimento de seu fundador, Claude-Henri Gorceix.

Como parte da cerimônia, aconteceu a abertura da exposição “Cum Mente et Malleo”, com obras esculpidas em aço pelo escultor Omar Franco, criadas em homenagem a Henri Gorceix. São 18 esculturas, cada uma representando uma década dos 180 anos passados e que destacam a importância do legado de Goeceix para a Ciência do nosso país. Dessas 18 obras, a escultura nº3, batizada com o nome “Ouro Preto”, foi doada para ao Município e, após o encerramento das exposições, será instalada em local a ser definido.

Na ocasião, o prefeito Angelo Oswaldo descreveu como se deu a trajetória do fundador da Escola de Minas, em Ouro Preto: “Em 1874, Claude-Henri Gorceix veio para o Brasil cumprir uma meta do imperador Dom Pedro II, a de criar uma Escola de Engenharia, e a cidade escolhida foi Ouro Preto. Gorceix disse que Minas tem um coração de ouro em peito de ferro e, assim, o coração de ouro é a nossa cidade. A Escola de Minas, caminhando agora rumo ao sesquicentenário, continua sendo uma das instituições mais prestigiosas do mundo da Tecnologia, da Ciência e da Educação no Brasil”, disse Angelo, que falou ainda da abertura da exposição de Omar Franco, com suas 18 esculturas trazidas para homenagear personalidades que fizeram parte da história da Escola de Minas e do seu fundador.

O artista Omar Franco expressou grande honra em participar com seu trabalho dessa trajetória e destacou que esta foi uma das melhores experiências já vividas como profissional artista/escultor. O vice-diretor da Escola de Minas, Cláudio Lana, falou do imenso prazer em estarem avançando para quase 150 anos de história, considerando a grande tradicionalidade da instituição. Ele destacou que, desta forma, é possível mostrar o papel social na formação de profissionais, e espera que isso se estenda por muito mais tempo. Já o Presidente Executivo da Fundação Gorceix, Cristovam Paes, complementou os pronunciamentos com grande satisfação e, em nome da Fundação, comentou a honra por ter sido também homenageado com uma das peças da exposição de Omar.

Durante a cerimônia, uma placa foi entregue ao prefeito Angelo Oswaldo, oferecida à população ouro-pretana pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Escola de Minas e a Associação dos Antigos Alunos da Escola de Minas.

Também estiveram presentes na solenidade a vice-prefeita Regina Braga e outras autoridades locais, representantes da UFOP, da Escola de Minas, da Fundação Gorceix, além da Academia Musical da Polícia Militar de Ouro Preto e a agremiação Zé Pereira dos Lacaios, o mais antigo bloco carnavalesco em atividade do Brasil.

A exposição “Cum Mente et Malleo” ficará aberta ao público de 7 a 28 de outubro, de terça a sexta-feira, das 13 às 17 horas, na Escola de Minas, na Praça Tiradentes. Após esse período, as peças ficarão expostas na Fundação Gorceix e, posteriormente, na empresa Geosol.

Fonte: Prefeitura de Ouro Preto

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: