26.4 C
Belo Horizonte
sexta-feira, 3 fevereiro 2023

Exposição na Praça Tiradentes, em Ouro Preto, inaugura as Celebrações do Bicentenário da Independência do Brasil

No coração das Minas Gerais, onde a cabeça do mártir da Independência, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, foi exposta (1792), na antiga Vila Rica, atual Ouro Preto, se encontra o monumento ao mártir. A estátua imponente parece testemunhar a história, na Praça Tiradentes, que se tornou, ao longo dos séculos, palco de algumas das principais manifestações do País. Ao completar 200 anos da Independência, nosso principal movimento libertário, o local se renova como cenário ideal para receber a exposição comemorativa do acontecimento: “Já Raiou a Liberdade”. A mostra, que acontece em um domo, uma estrutura cenográfica montada no centro desta Praça, será oficialmente aberta dia 2 de setembro, às 19h30, levando o público a uma viagem audiovisual, a partir de Minas Gerais, pelos principais acontecimentos que culminaram no Grito do Ipiranga, em 7 de setembro de 1822, e suas consequências, desde então, para formação da civilização nacional.

- Participe da comunidade do Mais Minas no WhatsApp e seja o primeiro a ser informado de novas notícias. CLIQUE AQUI PARA ENTRAR.


Após Ouro Preto, o projeto seguirá em itinerância pelo interior do Estado, em cidades como Santa Bárbara, Nova Lima, Caeté, até chegar a Sabará. Por meio de uma experiência imersiva, o visitante será levado a pontos marcantes e fundamentais para todo o processo de transformação da colônia em um Império independente sendo norteada pelos eixos temáticos: “O sonho da liberdade”; “O Brasil vira reino”; “O Príncipe Regente”; “Brava gente brasileira”; “As lutas pela independência no Norte”; e “As tramas da Soberania”. 

Com projeto expográfico assinado por Luis Sardá, designer especialista em exposições, ambientes efêmeros e permanentes, além de desenvolvimento de museus, a mostra é uma realização da Aurum Produção e Eventos. O projeto é viabilizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio master do Instituto Cultural Vale, patrocínio da AngloGold Ashanti e Copasa e apoio do Governo de Minas por meio da Fundação Clóvis Salgado e das prefeituras envolvidas.

Programa Educativo

Além da exposição, “Já Raiou a Liberdade” também desenvolve um Programa Educativo, direcionado aos estudantes das redes municipal e estadual das cidades contempladas. A proposta, que já está em andamento, conta com atividades lúdicas que correspondem às particularidades de cada faixa etária. O “Maleta Liberdade” está sendo desenvolvido com crianças e adolescentes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, em paralelo acontece a gincana virtual “Você na Independência”, com os alunos do Ensino Médio. O projeto irá premiar a escola vencedora da gincana com recursos no valor de R$10 mil ao final do ciclo da exposição, em dezembro.

Serviço

Fonte: Comunicação – Já Raiou a Liberdade

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: