O que você procura?


Manifestantes interrompem trânsito em distrito de Ouro Preto por causa de barragem

Moradores de Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, interrompem neste momento o trânsito na estrada MG 129 que dá acesso a Vale e Samarco. Manifestantes pedem maior diálogo com relação ao descomissionamento de barragem.

Rodolpho Bohrer 21 de fevereiro de 2020 às 11:11
Tempo de leitura
2 min

Moradores de Antônio Pereira, distrito de Ouro Preto, saíram às ruas em protesto na madrugada desta sexta-feira (21). As primeiras informações são de que os manifestantes interromperam o trânsito na estrada MG 129 que dá acessoa as empresas Vale e Samarco, e ao município Santa Bárbara. O tráfego está sendo liberado apenas para veículos particulares. particulares.

A população está cobrando a presença mais efetiva da Prefeitura, Vale e Defesa Civil quanto a evacuação das famílias que moram nas imediações da Barragem do Doutor, mina do Timbopeba.

No distrito a empresa Vale fechou uma rua e realojou algumas famílias. No entanto há dúvidas com relação ao descomissionamento da barragem. A população reclama também da falta de comunicação por parte dos envolvidos e questiona porque apenas algumas famílias foram retiradas do local sendo que há outras que também vivem nas proximidades da barragem.

LEIA TAMBÉM:  Ouro Preto vacina jovens de 20 anos ou mais nesta sexta-feira

Os manifestantes se concentraram às 5h da manhã em frente ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) e seguiram em direção a estrada.

No dia 12 deste mês o prefeito Júlio Pimenta esteve presente no distrito e realizou uma reunião com os moradores, na ocasião houve uma pequena discussão entre o prefeito e uma senhora, moradora de Antônio Pereira. Em um tom alterado a senhora em questão ameaçou o prefeito dizendo que se nada fosse feito a população irá acampar na porta da prefeitura. O vídeo desse momento tenso da reunião viralizou nas redes sociais.

No dia seguinte, quinta-feira (13), em coletiva de imprensa  Júlio Pimenta confirmou a retirada de 38 famílias que vivem em situação de risco, estando próximas a barragem, que segundo a Vale está em nível 1 para rompimento.

LEIA TAMBÉM:  Em 24h, bombeiros atendem pelo menos 57 chamadas relacionadas a chuvas em Minas

Segundo os funcionários da Vale presentes na coletiva, não existe no momento, riscos de rompimento da barragem e que a ação de retirada das famílias é totalmente preventiva, ainda assim a população teme um rompimento devido a informações que estão sendo disseminadas no distrito, alguns populares dizem ter avistado rachaduras na barragem, o que não está sendo confirmado pela Vale.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Última atualização em 9 de setembro de 2021 às 16:50