18.2 C
Belo Horizonte
sexta-feira, 7 outubro 2022

Ouro Preto reinsere placas de prevenção em rua com histórico de suicídio

Ação foi inspirada em uma iniciativa exercida na Ponte Mapo, em Seul, Capital da Coreia do Sul
Portal Mais MinasOuro PretoMoradora de Ouro Preto recebe água com cor de barro e protesta: "Desconta ou é cortesia?"

Moradora de Ouro Preto recebe água com cor de barro e protesta: “Desconta ou é cortesia?”

Reclamações sobre o abastecimento de água voltam a acontecer em Ouro Preto nesta semana. Através das redes sociais, Edilaine Costa, moradora da rua José Mendes, no bairro Saramenha de Cima, compartilhou imagens da água que tinha em casa na segunda-feira, 10 de janeiro. Veja:

Vídeo: Reprodução / Redes sociais
Moradora recebe água com cor de barro e protesta: "Desconta ou é cortesia?"
Foto: Edilaine Costa

Ao final do dia, Edilaine relatou ao Mais Minas que a água clareou, após deixar cair a parte com coloração mais barrenta. Ela disse que o problema é recorrente. “A água sempre está suja, com lodo. Só piorou. Não da pra ver, porque desce para o fundo da caixa, mas na água da rua é imunda” relatou.

Na imagem abaixo, o copo da esquerda está com a água da casa da Edilaine e o da direita está com a água que foi retirada de uma mina localizada próxima à residência.

Moradora recebe água com cor de barro e protesta: "Desconta ou é cortesia?"
Foto: Edilaine Costa

De acordo com populares, moradores de Saramenha de Cima vão até a mina pegar água para fazer comida, lavar roupa e para beber.

Veja a água que Edilaine teve para lavar sua roupa:

Vídeo: Redes sociais

A moradora do bairro Saramenha disse que já tentou entrar em contato com a Saneouro, porém, falou que não é atendida.

Uma moradora do distrito de Cachoeira do Campo, Ana Cotta, que reside no bairro Vila Alegre, contou que está sem água há quatro dias. “Aqui tem muita gente sem água. Estamos colocando balde nas goteiras da chuva para usar”, relatou.

Nos comentários da publicação feita por Edilaine Costa, é possível ver várias reclamações sobre falta do recurso hídrico ou da qualidade da água que chega nas casas em Ouro Preto. Veja:

Moradora recebe água com cor de barro e protesta: "Desconta ou é cortesia?"
Foto: Rede Sociais

A reportagem do Mais Minas entrou em contato com a Saneouro e aguarda resposta. Contudo, a companhia vem emitindo comunicados desde o início do período das chuvas sobre problemas com o abastecimento. No informe mais recente, divulgado na tarde de terça-feira, 11 de janeiro, a concessionária diz que o abastecimento continua comprometido em Cachoeira do Campo e região.

De acordo com a Saneouro, a adutora do Gouveia, entre os distritos Santo Antônio do Leite e Cachoeira do Campo, rompeu-se na segunda, devido às fortes chuvas que atingem Ouro Preto, comprometendo, assim, o abastecimento de Cachoeira do Campo, Santo Antônio do Leite e Amarantina. Ainda segundo a empresa, uma equipe já iniciou os trabalhos no local para remanejamento das redes rompidas, com a implantação de aproximadamente 200m de uma nova adutora. A previsão é que as obras sejam concluídas até o próximo fim de semana.

“A Saneouro informa que tem realizado todos os esforços para buscar controlar e reparar os danos e problemas causados pelas fortes chuvas que atingem o município de Ouro Preto, sede e distritos nos últimos dias. É essencial que os moradores economizem água, priorizando alimentação e higiene”, finaliza o comunicado.

No bairro Saramenha foi verificado que a rede de abastecimento que atravessa o córrego se rompeu. As equipes de manutenção da empresa estão no local, segundo a empresa. Porém, em virtude das fortes chuvas e, consequentemente, do aumento significativo do nível de água no córrego, existe um risco e dificuldade, por parte dos colaboradores, em realizar os reparos necessários. “A Saneouro aguarda que as condições climáticas e do local fiquem mais seguras para garantir, inclusive, a integridade das equipes”, disse a concessionária.

Abastecimento interrompido temporariamente nos bairros Vila Itacolomi (Bauxita) e Morro do Cruzeiro

A Saneouro identificou um vazamento na rede que abastece os bairros Vila Itacolomi (Bauxita) e Morro do Cruzeiro. O dano foi causado por um deslizamento de terra que atingiu a tubulação localizada próxima à Santa Casa de Ouro Preto. A empresa disse que já está trabalhando no local para o reparo e a previsão é que a conclusão das obras se dê ainda na terça-feira, até às 17h30. O fornecimento de água será regularizado gradativamente. Pelo período de desabastecimento, alguns locais podem levar até 24h para normalizar.

Interdição em Cachoeira do Campo

A Defesa Civil de Ouro Preto, após avaliar a área onde está o Ponto de Atendimento da Saneouro, no distrito de Cachoeira do Campo, determinou o fechamento do local por ter risco de deslizamento de terra.

Segundo a Defesa Civil, uma nova avaliação será realizada após a diminuição das chuvas. Assim o ponto de atendimento seguirá fechado por tempo indeterminado.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: