Congresso fica iluminado de amarelo em adesão à campanha pela prevenção do suicídio

O Congresso Nacional ficará mais uma vez iluminado de amarelo de 12 a 24 de setembro em adesão ao mês mundial de prevenção do suicídio.

Em âmbito nacional, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), em parceria com o Conselho Federal de Medicina (CFM), promovem neste mês, a campanha Setembro Amarelo 2020: “É Preciso Agir”. A iniciativa visa a conscientização, a desmistificação e a
prevenção do suicídio.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a cada 40 segundos, uma pessoa se suicida no mundo. Já ao que se refere às tentativas, uma pessoa atenta contra a própria vida a cada três segundos. Calcula-se que, por ano, aproximadamente um milhão de casos de mortes por suicídio são registrados em todo o mundo.

No Brasil, os casos passam de 12 mil, mas sabe-se que esse número é bem maior devido à grande subnotificação. Desse total, cerca de 96,8% estão relacionados a transtornos mentais, como por exemplo, depressão e transtorno bipolar.

Esse cenário preocupante serve de alerta para que a saúde mental seja um tema importante para a saúde pública.

Ao longo de todo o mês, a ABP desenvolverá uma série de ações voltadas para o tema. Eventos online, palestras, iluminação em amarelo de espaços públicos e monumentos e presença nas mídias sociais terão como objetivo fomentar a ação efetiva para a prevenção de doenças mentais e ajudar na desmistificação do tema, no sentido de agir o quanto antes para diminuir os números de casos em todo país.

Fonte: Agência Câmara de Notícias