Asas & Poesias

O Inexplicável?

O que seria inexplicável para cada um nós? O que nos leva a crer no amanhecer? Qual seria a nossa busca em nossa inteira existência? As vezes me pergunto se é melhor a poesia ou a filosofia para tentar explicar ou complicar a nossa razão ser e de ter atitudes dos quais nos vão identificando como ‘humanos’.

Buscamos sempre algo a mais que nos fazer preencher o copo de água ou completar o nosso inquestionável ser poético incompleto, como poesias a estarem no papel branco, só que faltando um dos pedaços dessa composição. O que nos permitimos fazer para correr através de nossas procuras?

Percebo ser esta procura um mistério ou algo místico, pois nos dá a certeza absoluta de que nunca obteremos as respostas razoáveis para as dúvidas da mente e do coração. Entretanto, uma coisa é certa, a não desistência de um sonho a se radiar por todo o corpo como se a cada dia fosse uma recomeço…

Um recomeço de uma longa estrada para continuar tentando encontrar o que de fato, vivemos ardentemente em busca, mesmo na alegria e nos obstáculos complexo da nossa realidade. Ultrapassamos desafios à medida em que soubermos enxergar e encarar de outra maneira os momentos difíceis de nós mesmos.

O inexplicável que no início perguntei, pode até ser o Sagrado a nos dá sentido e forças para não desanimar no percurso. Um motivo a nos lançar no rio e nadarmos até o outro lado. E se vier a correnteza, como ou em quem se segurar? Nosso interior pode estar cheio de tempestades, porém, devemos ser loucos os suficientes para seguir…

Conte o que sentes por INEXPLICÁVEL?
Conte-me através do e-mail: [email protected]

Leia também: Eu próprio e o amor no tempo

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios