Take a fresh look at your lifestyle.

Orquestra de Flautas é atração do Museu de Congonhas

Com sopros de afeto e suave sonoridade, a Flutuar propicia momentos serenos de inspiração e encanto. Em contraponto, vibra forte com a vitalidade marcante da rítmica brasileira

0

Com um repertório diversificado de músicas brasileiras, quem se apresenta no Museu de Congonhas, no dia 18 de abril, às 20 horas, é a Orquestra de Flautas – Flutuar. Sob a coordenação de Alberto Sampaio, o concerto dará ao público a oportunidade de ouvir e se inspirar com obras de reconhecidos compositores, tanto do universo da Música Erudita, como do âmbito da Música Popular. O evento é realizado pela Fundação de Educação Artística (FEA-FLAMA), Sette Câmara & Brandão, Certa Viagens, com apoio institucional da Fumcult e do Museu de Congonhas. Os ingressos custam R$2,00 e poderão ser adquiridos no Centro Cultural.

Em arranjos especialmente elaborados para a formação de uma orquestra de flautas transversais que inclui o Flautim, a Flauta-em-sol, a Flauta-Baixo e a raríssima Flauta-Contrabaixo, serão apreciadas peças de Villa-Lobos, Francisco Mignone, Guerra-Peixe, Villâni-Côrtes, Ernane Aguiar e do flautista-compositor Pattápio Silva. Dois clássicos de Pixinguinha, uma música do mineiro Flávio Venturini e “Ária da Bachianas N° 5″,complementam o programa.

Sobre a Flutuar

Formada por 20 flautistas, a orquestra reúne os diversos instrumentos da “família” das flautas transversais: o flautim, as flautas em sol, as flautas baixo e a flauta contrabaixo. Vinculada à Fundação de Educação Artística, a orquestra possui 11 anos de intensa atividade musical e são marcas da Flutuar a pesquisa e a criação de repertório inédito, através de encomendas de obras a compositores mineiros e da elaboração arranjos especiais para esta rara formação instrumental.

Em 2011, a Flutuar gravou e lançou o seu primeiro CD denominado “Flutuar no Horizonte” apresentando um repertório que homenageou a capital mineira. Em 2012, realizou a tournée de “Trens para Flutuar” em que foram apresentadas composições inéditas e arranjos de canções brasileiras, cujo tema é um dos símbolos que identifica Minas: o Trem-de-Ferro.

Serviço

Concerto Flutuar – Orquestra de Flautas
Dia 18 de abril, às 20 horas
Local – Museu de Congonhas (Alameda Cidade de Matosinhos de Portugal, 77, Basílica, Congonhas-MG).
Ingressos: R$ 2,00
Informações: 31 3732-2526

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Facebook
error: Conteúdo Protegido!