Poker Online: mineiros estão entre os melhores do Brasil

por Rodolpho Bohrer

Estado com tradição em vários esportes, como futebol, natação, basquete e judô, Minas Gerais também já pode ser considerada um dos principais centros do poker online brasileiro. Atualmente, o Estado conta com quatro competidores entre os 13 melhores jogadores do Brasil, feito inédito no poker mineiro.

João Simão

No poker online brasileiro, há pouquíssimos jogadores com a reputação de João Simão. De Belo Horizonte, o competidor tem uma carreira de aproximadamente 10 anos e já chegou ao topo do ranking mundial em anos anteriores.

O belo-horizontino conseguiu o feito pela primeira vez em 2016 e já o repetiu mais algumas vezes ao longo dos últimos anos. Só em premiação online, o site Pocketfives (conteúdo em inglês), especializado em ranking de poker online, aponta que Simão tem quase US$ 9 milhões na carreira.

“João Simão, um dos melhores do mundo”

João Simão, um dos melhores do mundo – Crédito da foto: unknown / PokerNews

“Qualquer jogador profissional deve se superar a cada dia, sendo sempre melhor que ontem. Hoje, acredito ter equilibrado minha vontade de me superar fora das mesas. E é provavelmente por isso que me considero sim no meu melhor momento, mesmo ainda longe de onde quero chegar”, afirmou Simão em 2016 após chegar ao posto de número um do mundo.

Atualmente, Simão não está competindo na mesma quantidade de torneios como antigamente, pois está desacelerando em termos de produtividade e já afirmou que tem a aposentadoria como plano para o futuro próximo. No entanto, o belo-horizontino segue muito bem ranqueado e aparece em 8º lugar.

No poker ao vivo, Simão também tem muito destaque em sua carreira. Neste ano, por exemplo, ele já pontuou em diversos torneios internacionais. Boas colocações em competições disputadas em Monte Carlo, Nassau e Las Vegas ilustram sua temporada até o momento.

Não é surpresa Simão já não ter mais nenhum grande objetivo na carreira. Consolidado no cenário mundial e com uma carreira que o coloca no rol dos grandes competidores da história do esporte das cartas, o belo-horizontino está de bem com a vida nos feltros. “Não tenho objetivo pessoal nenhum no poker. Sou extremamente grato com todas conquistas e realizações”, afirma recentemente em entrevista ao site Código Poker.

Peter Patrício

Todos os competidores online jogam sob um nickname e o mineiro Peter Patrício atua com o nome “pitaoufmg”. Muito conhecido no mundo digital, ele tem ganhos superiores a US$ 2.7 milhões na carreira.

Peter Patrício em uma etapa do Campeonato Brasileiro de Poker

Peter Patrício em uma etapa do Campeonato Brasileiro de Poker – Crédito da foto: unknown / PokerNews

“É uma marca bonita, mas não é a principal marca da minha vida, sendo só o prize, eu sou bem crítico comigo mesmo em relação a algumas coisas. Eu estou aqui há sete, oito anos e acho que, se eu tivesse focado mais em alguns momentos da carreira, eu poderia até ter alcançado essa marca antes e com um ROI maior. Mas fico feliz, quando eu comecei a jogar eu não esperava que faria isso, então mesmo sendo um pouco crítico é uma baita marca”, afirmou Peter em entrevista ao Super Poker sobre o fato de ter alcançado mais de US$ 2 milhões na carreira.

Atual número 13 do ranking online brasileiro, Peter é outro mineiro com uma carreira muito consolidada e que representa o Estado sempre que pode. Neste ano, por exemplo, ele esteve com a seleção estadual para a disputa do Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (CBPE).

Realizado anualmente em São Paulo desde 2013, a competição abrange os melhores Estados do país e Peter teve a honra de jogar sob a bandeira de Minas Gerais.

Pedro Madeira

Um dos jogadores mais regulares do País, Pedro Madeira é o 5º melhor jogador de poker online do Brasil, segundo o PocketFives. Além disso, o atleta se destaca por ser um profissional muito habilidoso nos feltros online e que domina a estratégia do poker.

Pedro acumula várias conquistas em torneios de grande porte. Em 2015, por exemplo, ele venceu um torneio no mundial de poker online, ano em que entrou no grupo dos 20 melhores jogadores do mundo.

Pedro Madeira é um dos competidores mais regulares do poker nacional

Pedro Madeira é um dos competidores mais regulares do poker nacional – Crédito da foto: Carlos Monti/ PokerNews

Atualmente, Pedro é o 39º colocado no ranking mundial e se encontra em grande momento como profissional. “Se analisarmos em termos de resultados, eu já tive momentos em que ganhei mais. Mas hoje me sinto mais preparado, disciplinado, organizado e, principalmente, mais maduro. Então, acredito que as coisas aconteçam com mais naturalidade (daqui para gente)”, disse Madeira em uma entrevista para o SuperPoker.

Especialista em torneios online, Pedro também compete em eventos ao vivo. Nas últimas semanas, ele esteve em Las Vegas para competir no WSOP, considerada a “Copa do Mundo Poker”.

Em solo norte-americano, o mineiro não conseguiu ser tão regular como nos feltros online, mas trouxe na bagagem uma experiência incrível e a honra de competir lado a lado contra os melhores jogadores mundo.

Henrique Bastos

De acordo com o PocketFives, Henrique Bastos é o 12º melhor jogador do Brasil. No ano passado, o atleta venceu o Sunday Million, que é resguardado como um dos torneios mais importantes do poker online.

Henrique não é um competidor com muitos títulos no currículo. Em contrapartida, poucos conseguem ter o mesmo nível de regularidade e consistência que mineiro apresenta nesse jogo de habilidade. Pela primeira vez na carreira, ele está no grupo dos 100 melhores do mundo no poker online.

Além disso, vivendo a melhor fase da carreira e muito próximo de entrar no seleto grupo do top 10 brasileiro, recentemente Henrique ultrapassou a marca de US$ 1 milhão em premiações nos feltros online.

Projeção do poker mineiro para os próximos anos

Recheado de bons jogadores em várias frentes, o poker mineiro cresceu em uma velocidade acima da média nos últimos anos. Além dos jogadores consagrados que foram apresentados anteriormente, há diversos profissionais, como Bernardo Granato e Gabriel Moura, que são oriundos do Estado e que em breve também devem estar prontos para alcançar o grupo dos melhores do Brasil.

ARTIGOS RELACIONADOS

Logo Preta

Destaques

PARCEIROS