Ultimate magazine theme for WordPress.

Polícia apreende carro clonado no ano passado em Caratinga

A Polícia Militar abordou, nessa sexta-feira (13), um carro modelo Ecoesport de cor preta, na Rua Jose Andrade do Nascimento, mais conhecida como rua Manhuaçu, no bairro Anápolis, em Caratinga. Tratava-se de um veículo clonado.

O carro foi levado de um assalto na cidade de Belo Horizonte ainda no mês de maio de 2018. A Polícia Militar fez uma pequena entrevista com as pessoas que diziam ser donos do veículo e, utilizando outras ferramentas, os policiais descobriram indícios de crime.

O autor do crime, feito ainda em 2018, foi conduzido à delegacia de Polícia Civil de Caratinga e o dono do carro foi encontrado por telefone e houve a confirmação que ele dirigia o veículo no dia do fato e confirmou detalhes sobre o ocorrido.

O que fazer em caso de clonagem do carro

A primeira coisa que se deve fazer ao descobrir a clonagem é fazer o boletim de ocorrência (BO) na delegacia. É a salvaguarda da vítima caso a placa tenha sido usada em crimes.

Tenha em ordem documentos do automóvel e recibos da compra. Fotos do veículo também são válidas, assim como contatos da loja ou da pessoa de quem você comprou. A polícia vai abrir inquérito para verificar se você é a vítima e emitir o Laudo do Carro Falso.

Com o registro de ocorrência, dirija-se ao Detran de seu estado para indicar logo a existência do veículo clonado. Os documentos necessários variam um pouco, mas os básicos são cópias simples e originais de RG, CPF, laudo de vistoria veicular, CRV, CRLV, além de eventuais multas e infrações do clone.

Leia também: Tentativa de roubo a banco em Itabira envolve sequestro de família da gerente

Comentários do Facebook