Belo HorizontePlantão PolicialPolícia Civil

Polícia Civil apreende mais de dois mil comprimidos de ecstasy em Belo Horizonte

Em continuidade ao trabalho de combate do tráfico de drogas sintéticas na capital, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu em flagrante, na quarta-feira (4), Lorran Gomes dos Santos, de 20 anos, no bairro Dom Silvério, capital. Na casa do investigado, no bairro Jardim Vitória, os policiais encontraram 2.545 comprimidos de ecstasy de formatos diversos, 15 porções de maconha, uma porção grande de haxixe, três balanças de precisão e diversos sacos plásticos comumente utilizados para embalar drogas.

Conforme explicou o Delegado que coordena as investigações Thiago Saraiva, os comprimidos tinham logotipos impressos (de personagem de desenho animado, empresa de cosmético, aplicativo de conversa) de acordo com a cor da droga (amarela, vermelha, azul e branca). A polícia investiga se há diferença na composição dos entorpecentes de acordo com a marca gravada na cápsula.

De acordo com o chefe do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), Júlio Wilke, “a polícia tem percebido que o tráfico está evoluindo e a droga sintética tem se popularizado, saindo de um nicho elitizado e atingindo públicos de diversas classes sociais”. Wilke ainda ressalta o perigo do consumo da droga sintética, que é mais nociva ao organismo em razão das substâncias utilizadas na formulação do entorpecente.

O Delegado Thiago Saraiva afirmou as investigações continuam com o objetivo de identificar a origem da droga e os possíveis fornecedores de Lorran.

Deixe seu comentário

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto: