Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra suspeito de matar a mulher estrangulada em BH

Por

Três dias após a morte de Grazielle Serra Pereira Santana, de 32 anos, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandado de prisão temporária expedido contra o marido da vítima, Estevão Bruno Oliveira Silva, de 29. Ciente de que a polícia estava à procura, o suspeito apresentou-se à equipe do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no fim da tarde dessa terça-feira (10), acompanhado pela advogada.

Grazielle foi asfixiada pelo marido na cama do casal, no sábado (7), no bairro Jardim Alvorada, região Noroeste da capital. Os dois estavam juntos há 13 anos e tinham uma filha de sete meses. Depois do crime, o suspeito levou o bebê para a casa da irmã e fugiu.

Durante declarações prestadas à polícia, Estevão afirmou que estrangulou a mulher com as mãos após uma discussão do casal. Ele alega ainda que a briga teve início em razão da descoberta de um caso extraconjugal da esposa. Ele foi encaminhado ao Sistema Prisional e irá responder pelo crime de homicídio qualificado pelo feminicídio. As investigações prosseguem, inclusive com depoimento de testemunhas em cartório, visando esclarecer todos os detalhes do caso.

* com informações da Assessoria de Comunicação da PCMG

Postado em 11 de setembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.