Ultimate magazine theme for WordPress.

Polícia prende suspeito de sequestro e roubo em Uberlândia

Crédito da foto: Maic Costa

Na última terça-feira (29), por volta das 17h, A Polícia Militar de Minas Gerais recebeu uma denúncia de que homens encapuzados tinham saído de um veículo Gol de cor vermelha, portando uma arma de fogo, em direção à rua Gilberto Losi, bairro Campo Alegre, em Uberlândia.

A equipe da Polícia Militar foi até o endereço e, ao chegar ao local, viu um indivíduo, posteriormente identificado como “l.S.”, 25 anos, entrando em uma residência. Foi feita a abordagem e o suspeito se demonstrou bastante nervoso. Enquanto isso, os policiais ouviram uma pessoa pedindo por socorro. De imediato, os militares entraram na residência e ouviram barulhos de alguém pulando a janela e saltando o muro dos fundos.

Durante buscas no interior do imóvel, os policiais depararam com um cidadão encapuzado e com as mãos amarradas para trás, sentado no piso da sala. Este, após ser solto, relatou que era vítima e que os autores, inclusive o abordado, haviam roubado seu caminhão.

Com as informações passadas pela vítima, foi realizada a prisão do suspeito. A vítima relatou que é proprietário de um caminhão cavalo marca “SCANIA”, acoplado com a carreta reboque, e que havia sido solicitado, através de um aplicativo de nome “Fretebras”, para transportar uma carga de sementes. Então, começou a trocar mensagens no privado através do aplicativo “Whatsapp”, com dois números diferentes, em que era negociado um frete de sementes que seria carregado em uma empresa situada na rua Nova York, bairro Novo Mundo. A suposta cliente repassou a localização para fazer contato em frente ao posto “Makro”.

A vítima foi ao local e ao parar o caminhão, o autor “l.S.” já entrou se identificando como chapa responsável para carregá-lo até a empresa. Durante deslocamento, reparou que era acompanhado por um veículo Gol modelo G-2 ou G-3, de cor vermelha, com rodas de ferro pretas, que era ocupado por três pessoas.

Chegando ao suposto local para carregar, “l.S.” o homem que estava no caminhão com ele sacou um revólver e anunciou o roubo. A vítima desembarcou do caminhão, e nele foi colocado um capuz, e após isso, ele foi colocado no banco traseiro do Gol. Os suspeitos se deslocaram até a rua Gilberto Losi, bairro Campo Alegre, onde os autores lhe disseram que iriam usar o caminhão por dois dias.

Durante buscas na residência, foi localizada uma sacola plástica que continha 51 pedras de substância semelhante a crack e dezessete papelotes de substância semelhante a cocaína, além de dois aparelhos celulares e também uma caixa contendo a quantia de seis bolsas de colostomia, sendo que nessa caixa estava escrito “l.S.”, pois o autor faz uso da referida bolsa, o que comprova que o mesmo reside naquele local.

O caminhão foi localizado no mesmo local do roubo, da mesma forma que foi deixado. Uma aliança em ouro e um relógio, da marca oriente, pertencentes à vítima, foram recuperados. “l.S.” ao ser questionado sobre quem eram os demais autores que participaram do roubo e o que fariam com o caminhão, recusou-se a falar. Diante dos fatos autor foi preso e entregue na delegacia de plantão juntamente com os materiais.

Comentários do Facebook