Avatar
Rodolpho Bohrer
Rodolpho Julio Marci Bohrer é socio-fundador e diretor geral do Mais Minas. Estuda jornalismo na Universidade Cruzeiro do Sul e atualmente é repórter de política, cidades e loterias. Contato: comunicacao@maisminas.org

Segunda Turma do STF mantém Lula preso

A Segunda Turma do STF, composta pelos ministros Cármen Lúcia, Gilmar Mendes, Celso de Mello, Edson Fachin e Ricardo Lewandowski, decidiu, no início da noite desta terça-feira (25), em rejeitar o 1º habeas corpus da defesa de Lula envolvendo o STJ, e adiar o julgamento do 2º habeas corpus da defesa de Lula, que questiona a suspeição de Sergio Moro na 1ª condenação de Lula, em que o atual ministro do governo de Bolsonaro condenou Lula a mais de 9 anos de prisão. A maioria dos ministros também rejeitou a proposta de Gilmar Mendes de conceder liberdade à Lula enquanto não se termina de julgar o caso envolvendo a conduta de Moro.

O adiamento do julgamento do habeas corpus da defesa de Lula que questiona a parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro foi uma proposta do ministro Gilmar Mendes, que após votar pelo adiamento, votou para que o ex-presidente Lula aguarde em liberdade até o fim do julgamento da causa. A primeira proposta de Mendes foi aceita pelo ministro Edson Fachin, que considerou que o caso não poderia ser votado agora já que a autenticidade das mensagens divulgadas pelo site “The Intercept” ainda não foi comprovada pela Justiça. Em relação à segunda proposta de Gilmar Mendes em conceder liberdade à Lula, Fachin foi contra. Lewandowski concorda com Gilmar Mendes e vota pela liberdade de Lula até que o STF termine de julgar o caso. Carmen Lúcia, Celso de Mello votaram com Fachin contra a concessão de liberdade à Lula, e concordaram com o adiamento da análise da matéria.

O 1º habeas corpus impetrado no STF pela defesa de Lula, e rejeitado hoje (25) por 4 votos a 1 pela corte, tinha como principal argumento o questionamento da atuação do relator da Lava Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Felix Fischer, que, em uma decisão individual, rejeitou recurso da defesa de Lula que pedia a absolvição do ex-presidente. A concessão do primeiro habeas corpus foi negado, tendo apenas a seu favor o voto do ministro Ricardo Lewandowski.

O 2º habeas corpus tem como foco principal à suspeição (parcialidade) do agora ministro da Justiça, Sérgio Moro. Na época da primeira condenação de Lula, quando Moro era juiz federal responsável pelo caso, ele condenou o ex-presidente petista a 9 anos e 6 meses de prisão após acusação do Ministério Público de que Lula era o dono oculto de um apartamento triplex no Guarujá, recebido como propina paga pela empreiteira OAS, em troca de benefícios em obras da Petrobras. A defesa de Lula questiona a imparcialidade do juiz, contestação reforçada pela defesa após o vazamento de conversas de Moro com o procurador Deltan Dalagnol sobre o processo do ex-presidente, enquanto a defesa de Lula ainda respondia pelas acusações impetradas pelo MP na 13.ª Vara Criminal Federal de Curitiba.

Após a decisão do STF, o julgamento do segundo habeas corpus deve acontecer somente no 2º semestre de 2019.

Leia mais

Candidaturas femininas ao Legislativo de Ouro Preto, em 2020, recebem quase mesmo número de votos que em 2016

Para o próximo quatriênio, de 2021 a 2024, o Legislativo Municipal de Ouro Preto, eleito no último domingo (15), terá novamente somente uma mulher...

Câmara de Mariana registra 78% de reeleição entre os nove vereadores que concorreram a um novo mandato

No último domingo, dia 15 de novembro, 38.997 cidadãos foram às urnas em Mariana para eleger os vereadores, o prefeito e o vice-prefeito que...

Reeleito com 59,8% dos votos, Orlando Caldeira garante: ‘Vamos transformar Itabirito’

Reeleito prefeito de Itabirito nesse domingo, dia 15 de novembro, com 16.802 votos - 59,81% dos votos válidos -, Orlando Caldeira reafirmou após a...

Artigos Relacionados

Nenhuma mulher é eleita em Itabirito

Nenhuma mulher foi eleita vereadora na cidade de Itabirito na votação que ocorreu nesse domingo, 15 de novembro. Desta forma, as treze vagas do...

Sete vereadores conseguem se reeleger em Mariana; veja a lista

Após a confirmação da vitória de Celso Cota para administrar a cidade de Mariana pelos próximos quatro anos, já está definida também a relação...

Eleições 2020: veja a lista dos 13 vereadores eleitos em Itabirito

Após a vitória avassaladora do prefeito Orlando Caldeira, que se reelegeu à chefia da Prefeitura de Itabirito, com 59,81% dos votos, já está definida...

Após doze anos, Kuruzu volta à Câmara de Ouro Preto, com 822 votos

O Partido dos Trabalhadores, em Ouro Preto, elegeu neste domingo (15) uma figura política conhecida na cidade. Após dois mandatos polêmicos, entre os anos...