Câmara de Mariana registra 78% de reeleição entre os nove vereadores que concorreram a um novo mandato

Sete entre os nove atuais vereadores que disputaram uma vaga no Legislativo foram reeleitos; Conheça todos os 15 parlamentares eleitos para a legislatura 2021-2024

No último domingo, dia 15 de novembro, 38.997 cidadãos foram às urnas em Mariana para eleger os vereadores, o prefeito e o vice-prefeito que irão representar o município nos próximos quatro anos. O número de habitantes do município determina o número máximo de vereadores no Legislativo e, por apresentar uma população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 61.288 pessoas, o legislativo de Mariana é composto por 15 parlamentares.

Nas eleições municipais deste ano, seis atuais vereadores não concorreram ao pleito para um novo mandato. O vereador Bruno Mól (Republicanos) disputou a função máxima do Executivo e alcançou 4.520 votos (13,04%). Os vereadores Deyvson Ribeiro (DEM), Tenente Freitas (Patriota) e Cristiano Vilas Boas (PT) concorreram como vice-prefeitos, sendo este último vencedor nas urnas ao lado do candidato Celso Cota (MDB) com 14.764 votos (42,61%). A vereadora Daniely Alves (MDB) e o vereador Geraldo Sales (PDT) não disputaram a reeleição.

No ranking da votação para parlamentar, os dois candidatos que obtiveram maior expressão de votos são vereadores reeleitos. São eles: Juliano Duarte (Cidadania), que assumirá seu quarto mandato, e Ronaldo Bento (PSB), que avança para o seu segundo mandato. Também fazem parte do grupo de vereadores da atual legislatura (2017-2020) que foram reeleitos: Adimar (Cidadania), Fernando Sampaio (PSB), Leitão (Cidadania), Marcelo Macedo (MDB) e o professor João Bosco (PDT). Já o vereador eleito Zezinho Salete (MDB) retorna à Casa após acompanhar dois mandatos consecutivos da sua esposa, a atual vereadora Daniely Alves. Zezinho também já exerceu mandato parlamentar por dois mandatos, foi presidente da Câmara e vice-prefeito de Mariana.

Os novos nomes eleitos para compor o Legislativo Municipal de Mariana a partir do dia 1º de janeiro de 2021 e que representam os 50% de renovação da Casa são: Maurício (Avante), Zé Sales (PDT), Ediraldo Pinico (Avante), Pedrinho Salete (Cidadania), Sônia Azzi (DEM), Preto do Mercado (PV) e Ricardo Miranda (Republicanos).

De acordo com o novo calendário eleitoral de 2020, os eleitos devem ser diplomados até o dia 18 de dezembro. A cerimônia de diplomação é o ato da entrega dos diplomas pela Justiça Eleitoral, depois de terminado o pleito, apurados os votos e passados os prazos de questionamento e de processamento do resultado das eleições, atestando que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo e, por isso, está apto a tomar posse no cargo. Após a diplomação, a Câmara Municipal realizará a sessão de posse dos eleitos no dia 1º de janeiro de 2021.