Ultimate magazine theme for WordPress.

Após cinco anos de parcelamento, servidores de Minas receberão salários de forma integral

Na última sexta-feira, 16 de julho, o governador Romeu Zema anunciou que os salários dos servidores do Executivo de Minas Gerais passarão a serem pagos de forma integral no quinto dia útil de cada mês. Desde o governo de Fernando Pimentel (PT), os funcionários públicos do estado vêm recebendo o salário de forma fracionada, em duas ou três parcelas.

O fim do parcelamento dos salários, que já passa a valer a partir de agosto, atinge todos os servidores do Executivo (ativos, inativos e pensionistas). De acordo com o secretário de Estado de Fazenda, Gustavo Barbosa, apesar da crise econômico-fiscal enfrentada por Minas Gerais, o planejamento financeiro foi primordial para a mudança do cenário.

Campanha Unimed

“Primeiro, conseguimos garantir a previsibilidade ao diminuir o número de parcelas de três para duas, sempre pagando na data divulgada, sem atraso. Agora, com os recursos obtidos com a venda da folha de pagamento do Estado, teremos plenas condições de garantir que os servidores recebam os seus salários integralmente”, informou Barbosa.

Pelas redes sociais, Romeu Zema lembrou do seu compromisso de não receber o salário de Governador enquanto os funcionários públicos recebessem de forma atrasada os seus vencimentos. Desde 2019, o governador doa a quantia para instituições filantrópicas, e, agora, comemora o novo cenário no estado.

“Você lembra do compromisso que fiz de não receber o salário de Governador enquanto o dos funcionários públicos estivesse atrasado? Pois venho cumprindo desde 2019, doando para instituições filantrópicas todos os meses. Equilibrando as contas e arrumando a casa, a partir do mês que vem o funcionalismo voltará a receber integralmente até o 5º dia útil do mês. A vaca tá voltando a ficar maior que o carrapato”.

Romeu Zema
LEIA MAIS:  Procurando emprego? Sine Congonhas oferta vagas nesta segunda-feira (19/07)

Inscreva-se para RECEBER diariamente uma lista com as nossas principais notícias. É GRATUITO!

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

COMENTÁRIOS