O que você procura?
Renova banner


Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item
Story Item

Prefeitura de Congonhas move ação contra aumento da tarifa da Copasa

Segundo a Procuradoria Geral do Município, a cobrança viola as normas legais e contratuais entre a Copasa e a Prefeitura de Congonhas.

Rômulo Soares 25 de novembro de 2021 às 13:47
Tempo de leitura
3 min
Foto: Google Street View
Foto: Google Street View

A Procuradoria Geral do Município de Congonhas ingressou, no dia 18 de novembro, uma ação civil pública com pedido de liminar, contra o aumento da taxa de esgoto cobrada pela Copasa. O processo tem o objetivo de tentar reverter o reajuste da tarifa de tratamento de esgoto à população congonhense, que entrou em vigor este ano com a Resolução ARSAE-MG 154, de 28 de junho e que afeta as despesas dos consumidores da cidade.

O reajuste tarifário da Copasa incluiu a tarifa de esgoto, representando 74% da tarifa de água, independentemente da existência de tratamento de esgoto. De acordo com a Prefeitura Municipal, em Congonhas só existe tratamento de esgoto no bairro Casa de Pedra e em 40% do distrito do Alto Maranhão. Nos outros lugares o esgoto é lançado diretamente em cursos d’água, rios e drenagens sem tratamento, porém a tarifa de esgoto dessas localidades também passou de 25 % para 74% da tarifa de água.


Segundo a Procuradoria Geral do Município, a cobrança viola as normas legais e contratuais entre a Copasa e a Prefeitura de Congonhas. Assim, a administração municipal requer o restabelecimento dos efeitos da Resolução anterior, que fixava o valor da tarifa esgoto em 25% da tarifa de água e a condenação da companhia a restituir as tarifas eventualmente pagas, com os acréscimos legais.

O processo tramita na 2ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Congonhas, sendo a Dra. Flavia Generoso de Mattos Tavares a Juíza de Direito titular da citada vara.

Em contato com o Mais Minas, a Copasa informou que não foi notificada sobre a decisão da Prefeitura de Congonhas e que adotará as medidas cabíveis ao tempo oportuno.

Reclamação dos moradores

Conforme o MM noticiou ainda em setembro, os moradores de Congonhas vem reclamando dos altos preços cobrados pela Copasa na conta de água e esgoto. Um morador que preferiu não se identificar mostrou a sua tarifa com R$ 232,40 a pagar por abastecimento de água e R$ 171,99 por coleta de esgoto, dando um total de R$ 404,39.

Prefeitura de Congonhas move ação contra aumento da tarifa da Copasa
Foto: Redes sociais

Outra moradora de Congonhas, Gracilene Alves, compartilhou sua tarifa de água no valor de R$ 147, sendo R$ 84,48 de abastecimento de água e R$ 62,53 de coleta de esgoto. No Facebook, há 152 comentários reclamando do valor da tarifa e pedindo para que os governantes façam algo, com o preço em questão sendo frequentemente chamado de roubo.

Prefeitura de Congonhas move ação contra aumento da tarifa da Copasa
Foto: Redes sociais

Na época, a Copasa havia informado ao MM que a política tarifária da empresa é determinada pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG-MG).  

Com a revisão tarifária, a partir do dia 1º de agosto de 2021 a tarifa de esgoto deixou de ter a diferença entre quem tinha apenas a coleta e quem tinha coleta e tratamento de esgoto. Agora, a tarifa de esgoto foi unificada e corresponde a 74% do valor pago pelo consumo de água. 

Ou seja, anteriormente, para uma conta de R$ 20 de água, pagava-se mais R$ 5 de esgoto, totalizando R$ 25. Agora, para a mesma tarifa de R$ 20, paga-se mais R$ 14,80, totalizando R$ 34,80.

Inscreva-se no nosso boletim informativo

Inscreva-se para receber as principais notícias veiculadas no nosso site em sua caixa de entrada, uma vez por dia.

Não fazemos spam! Leia nossa política de privacidade para mais informações.

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.