20.4 C
Belo Horizonte
segunda-feira, 5 dezembro 2022

Renova Excursão

Zema declara apoio a Bolsonaro e Ciro a Lula

Depois de um primeiro turno em que Lula quase levou a vitória com a maioria dos votos, apoiadores dos dois candidatos demonstram estar determinados a ajudarem nas suas campanhas até o dia 30 de outubro, dia da votação democrática do segundo turno. A força de apoio fará muita diferença no segundo turno, já que o vencedor ainda não esta decidido e há chances de que aconteça a maior votação de todos os tempos no Brasil.

Romeu Zema reflete momento de decisão, sem opções de remorso

Na manhã desta terça-feira, Romeu Zema, atual governador de Minas Gerais, se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro e a sua equipe, na cidade de Brasília, para uma reunião a fim elaborar estratégias acerca do segundo turno da disputa presidencial. Fez uma entrevista coletiva e teceu palavras de apoio a Jair Bolsonaro, além de refletir sobre os feitos durante o seu governo com o apoio bolsonarista, em Minas Gerais. Zema obteve um número expressivo de votos no primeiro turno das eleições e foi eleito pela confiança do povo mineiro. Há quatro anos atrás os votos foram a partir de uma ideia de retirar os políticos antigos do cenário do Governo de Minas Gerais, mas esse ano, a confiança parece ser algo que contribuiu diante seu trabalho até o momento.

“Não poderia de deixar, nesse momento, de estarmos aqui, colocando as nossas divergências de lado. Eu sempre dialoguei com o Presidente Bolsonaro. Sabemos que muitas coisas convergimos e outras divergimos, mas é um momento em que o Brasil precisa caminhar para frente e eu acredito mais na proposta do atual presidente” – Romeu Zema

PDT anuncia apoio a Lula e Afirma que Bolsonaro é atraso

Manhã recheada de disputas, o Partido Democrático dos Trabalhadores afirmou o apoio a Lula, após reunião nesta manhã, dia 04 de outubro. Apesar de Ciro Gomes não ter aparecido na coletiva de imprensa, de acordo com a presidência do partido , o Ex-Governador do Ceará endossou também o apoio e concordou com a decisão do partido perante ao segundo turno das eleições.

” Nós tivemos agora pouco uma hora e meia de Reunião, com toda a Executiva Nacional do Partido, mais o presidentes estaduais, os presidentes do movimento, os Deputados Federais e os Senadores de movimento e foi uma decisão unânime” – Carlos Lupi

Mais ainda, o presidente do PDT afirmou que Lula é o que se apresenta mais próximos de seus ideais e pensamentos. ” A candidatura do 12, mais um”. Essa foi uma de suas afirmações no que diz respeito à decisão. Além disso, Lupi afirmou que Bolsonaro representa o atraso do atraso desse pais.

Segundo turno pode ser decidido por apoiadores

Diante da dualidade que se representa no Brasil, o esforço de apoiadores de ambos lados pode refletir o vencedor da corrida presidencial no próximo dia 30 de outubro. A campanha já se iniciou e os candidatos Lula e Bolsonaro estão cumprindo agenda pelo Brasil todo. Quanto maior for o número de apoiadores renomados, eleitos ou não, maior será o alicerce de votos aos presidenciáveis.

Até o momento não se sabe a posição, no que diz respeito ao segundo turno das eleições, de todos os outros candidatos que foram derrotados para disputada da cadeira de presidente e dos Governadores vencedores do Brasil. Romeu Zema, com cerca de 6 milhões de votos, pode acrescentar uma margem boa a Bolsonaro, mas não se sabe, o que desse total de eleitores, votaram no primeiro turno para Presidente da República. Já Ciro gomes, que somou uma margem de 3,5 milhões de votos, pelo partido PDT, também oferece uma possibilidade de soma alta para Lula, porém há chances de alguns desses eleitores votarem em Bolsonaro, segundo alguns posts nas redes sociais de tais de seus eleitores.

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: