Prefeitura de Belo Horizonte começa a entregar cestas básicas nesta quarta-feira (3)

Começa nesta quarta-feira (3), a retirada de cestas básicas entregues pela Prefeitura de Belo Horizonte referentes ao mês de junho. A ação busca auxiliar a subsistência de famílias em situação de vulnerabilidade nos tempos do coronavírus (COVID-19). A diferença a partir deste mês é que a consulta na internet será unificada.

A alteração em questão pretende facilitar e agilizar a consulta dos moradores de Belo Horizonte. Antes, haviam dois endereços distintos para as famílias de estudantes da Rede Municipal e outro para as demais famílias com direito ao benefício. A unificação de consulta evita que uma pessoa não encontre seus dados ao acessar uma plataforma errada.

Sendo assim, a distribuição será mantida em etapas, de acordo com a capacidade dos supermercados. A escala continuará sendo pela ordem de entrega dos meses anteriores, uma vez que, as cestas foram planejadas para durarem por 30 dias.

O cidadão que quiser saber se possui o direito de receber a cesta poderá fazer a consulta pelo site cestabasica.pbh.gov.br.

A cesta básica é composta pelos seguintes itens:

  • 5 kg de arroz, tipo 1;
  • 5 kg de açúcar cristal;
  • 2 kg de feijão carioca, tipo 1;
  • 1 kg de fubá de milho;
  • 500 g de macarrão parafuso massa com ovos;
  • 500 g de macarrão espaguete massa com ovos;
  • 1 kg de sal refinado;
  • 1 frasco de óleo de soja (900 ml);
  • 1 kg farinha de mandioca;
  • 2 pacotes de leite em pó (400 g cada);
  • 1 lata de extrato de tomate (350 g);
  • 1 lata de sardinha (250 g)

Como retirar as cestas básicas?

Para fazer a retirada das cestas básicas, os beneficiários terão de ir ao supermercado indicado no site da PBH. Haverá um horário específico para cada pessoa que deverá se respeitado, para assim evitar aglomerações. Para fazer a retirada das cestas, o responsável pelo cadastro da família no CadÚnico ou pelo licenciamento da atividade informal, para camelôs e catadores, por exemplo, deverá comparecer ao local e apresentar seu CPF e um documento de identidade com foto.

Em situações em que o responsável pelo cadastro não possa comparecer, é necessário que este assine uma procuração autorizando outra pessoa a fazer a retirada para si. Nesse caso, a pessoa escolhida precisará apresentar os documentos originais do beneficiário.

Leia também: Mães menores de idade podem solicitar o Auxílio Emergencial