BH e RegiãoItatiaiuçuNotíciasPlantão Policial

PRF prende ex-comandante geral da PM com R$ 1,5 milhão em MG

A prisão ocorreu em Itatiaiuçu, região metropolitana de Belo Horizonte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu na noite da última quarta-feira (17), dois ex-policiais da Polícia Militar do Alagoas. A prisão ocorreu em Itatiaiuçu, região metropolitana de Belo Horizonte. Foram encontrados com os ex-militares cerca de R$ 1,5 milhão em espécie.

Marcus Aurélio Pinto é ex-comandante geral da PM de Alagoas. Já Esperon Pereira dos Santos, que também estava no veículo, é subtenente reformado. Ambos já foram liberados pela polícia.

O dinheiro foi apreendido na BR-381, durante uma abordagem. De acordo com a PRF, os ex-policiais demonstraram grande nervosismo, por isso fizeram a inspeção do veículo. A grande quantia em espécie foi encontrada no porta malas do carro, dentro de uma mala e uma mochila. O carro onde estavam o ex-comandante e o subtenente havia sido alugado em Belo Horizonte.

  Belo Horizonte e região terá domingo de calor e de tempo seco

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os homens não tinham comprovantes da origem do dinheiro, dessa forma foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Federal de Divinópolis. Entretanto, o delegado Daniel Souza disse ao G1 que os ex-policiais afirmaram que o dinheiro seria usado para a compra de um imóvel em São Paulo.

De acordo com a defesa do ex-comandante geral da PM, durante a abordagem foram mostrados os comprovantes de compra e venda do imóvel.

O dinheiro foi apreendido e levado para contagem em um banco ainda hoje (18). Entretanto, mesmo com as afirmações da defesa do ex-comandante, os ex-policiais podem ser indiciados por lavagem de dinheiro, e caso condenados, podem pegar até 10 anos de prisão. A Polícia Rodoviária Federal irá investigar o caso.

Fechar