Felipe Neto reconhece erro ao cobrar posicionamento de Neymar

Recentemente, o influencer Felipe Neto entrou em mais uma polêmica. O youtuber havia cobrado o jogador do PSG, Neymar, um posicionamento sobre o caso de racismo envolvendo George Floyd, envolvendo a polícia de Minneapolis nos Estados Unidos, que desencadeou em várias manifestações.

Entretanto, Felipe Neto parece não ter tido aprovação dos internautas, que condenaram a ação de uma pessoa branca cobrar um negro de se posicionar sobre uma causa que não é dele.

“Apaguei o tweet sobre o silêncio do Neymar após mensagens de integrantes do movimento negro, mostrando que um branco não deve cobrar de um negro sobre pautas racistas. De fato, não é meu papel cobrar o Neymar sobre isso. Vou seguir tentando ajudar, aprendendo e corrigindo quando errar”, declarou Felipe Neto.

Porém, após isso, voltou a tecer críticas ao jogador dizendo que Neymar é “disparado, o maior influenciador digital brasileiro no mundo”, e que se “silencia a respeito de quase todas as pautas humanitárias e sociais que assolam seu país de origem e se espalham pelo planeta”, disse o youtuber.

E Felipe Neto finalizou dizendo que voltará a cobrar o jogador em causas que condiz com sua condição. “Entendi que o papel de cobrar posicionamento do Neymar acerca de pautas que envolvem o racismo não cabe a um branco. Continuarei cobrando quando o assunto for Amazônia, fascismo e opressão, coisas que ele sempre se manteve calado”, afirmou e terminou dizendo “sigamos em frente”.

Na internet, os influenciadores chegaram a repercutir, e um deles foi o frontman do Ultraje a Rigor, Roger Moreira, que deu uma resposta atravessada, printando uma matéria do site do Estadão que dizia: “Neymar questiona barulho de Felipe Neto e retuitou dizendo: ‘Quem é esse bosta de Felipe Neto?'”. Lembrando que Roger é defensor dos protestos Bolsoanaristas.

Veja também: RedeTV! é a primeira emissora brasileira a conquistar a marca histórica de 10 milhões de inscritos no YouTube

Deixe uma resposta