“Vidas negras importam”: Ouro Preto terá manifestação antirracista neste sábado (21)

No Dia da Consciência Negra, movimentos sociais da cidade de Ouro Preto se mobilizam para a realização de uma manifestação, que ocorrerá neste sábado (21), a partir das 10h, na Praça Tiradentes. O ato público “Vidas Negras Importam” será um protesto contra a violência às pessoas negras, pedindo Justiça por Igor Mendes, Marielle Franco, João Alberto, Agatha Felix, Kauê dos Santos, Kauã Rozário, Gabriel Marcondes, Jenifer Gomes, Kauan Peixoto, George Floyd, Evaldo Rosa, entre outras vítimas mortas pelo racismo no país.

"Vidas negras importam": Ouro Preto terá manifestação antirracista neste sábado (21)
Arte: SINASEFE/Divulgação

Ao participar do protesto deste sábado, é importante não se esquecer dos cuidados para prevenir a transmissão do coronavírus, como o uso de máscara e higienização das mãos.

Uma onda de manifestações antirracista se iniciou, nesta sexta-feira (20), após um homem negro ser espancado e morto por dois seguranças – um deles policial militar temporário – em um supermercado Carrefour em Porto Alegre. As cenas de violência contra João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foram “viralizadas” nas redes sociais e causou repercussão nacional, levantando, no Dia da Consciência Negra, o debate sobre o racismo no Brasil. Esses protestos no país ocorrem após uma série de manifestações antirracistas ocorridas nos Estados Unidos, sendo essa considerada a maior mobilização antirracial desde a morte do líder e ativista negro Martin Luther King. O movimento “Black Lives Matter”, que começou nos EUA e se espalhou pelo mundo, atingiu grande proporção e colocou o racismo como uma das principais pautas debatidas durante a pandemia. O movimento foi fomentado após a morte de George Floyd, homem negro assassinado no estado de Minessota, morto por um policial branco, que o sufocou ajoelhando-se no seu pescoço. As imagens chocaram todo o mundo, desencadeando a onda de protestos.

Deixe uma resposta