ComportamentoPsicologia em Foco

PSICOLOGIA! O Quê e Quando?

Olá leitores! Este é o primeiro de muitos artigos que tentarei trazer para vocês um pouco de conteúdo da Psicologia, bem como, reflexões e orientações acerca de nossa saúde mental.

Nessa proposta, a coluna, que será quinzenal e traz como título, Psicologia em Foco, visa ainda, a promoção e o entendimento da importância da Psicologia para o bem estar e a qualidade de vida em dias atuais. Com isso, tenho observado que, as primeiras dúvidas e questionamentos que chegam até mim são: Em que consiste o trabalho do Psicólogo? Como e quando devo procurar um Psicólogo?

Pois bem, a primeira coisa que precisa saber é, a terapia começa antes mesmo da procura ao terapeuta, e isso acontece quando a pessoa se dá conta de que algo precisa ser mudado.

Este ano de 2017 a Psicologia completou 55 anos de sua regulamentação. Cada vez mais lutamos para reafirmar o compromisso com atuação pautada em princípios éticos, técnicos e teóricos. As pessoas precisam entender que, a Psicologia é uma profissão que exige muito estudo, é regido por um Código de Ética, regulamentada por inúmeras leis e resoluções, com técnicas e métodos científicos reconhecidos. Portanto, relembrando aqui a campanha do Conselho Federal de Psicologia esse ano, PSICOLOGIA É COM PSICÓLOGO!

Assim, o Psicólogo é um profissional, que busca promover a apropriação da história individual, de modo que o indivíduo consiga identificar e compreender o sentido de suas escolhas, suas motivações, suas relações, seus conflitos e comportamentos que trazem sofrimento e adoecimento psíquico, faz isso através de uma técnica chamada Psicoterapia ( que consistem em sessões em regra semanais).

Sendo assim, quando devo procurar um Psicólogo?

A Psicoterapia pode ser importante em diversas fases do desenvolvimento. Na infância, com a adaptação no mundo cognitivo, transtornos de aprendizagem, problemas na comunicação, comportamentos agressivos avesso à regras de convivência social, tiques, depressão, ansiedade, fobias, etc.

Na adolescência, por se tratar de um período de intensas modificações, novas posições podem gerar medo e inadequação, as escolhas e aquisição de responsabilidades podem trazer sofrimento. Tudo isso são questões que que podem ser lidadas na psicoterapia de uma maneira saudável.

E na vida adulta, dificuldades de convivência, ansiedades, rotinas, disfunções sexuais, transtornos do sono,uso abusivo de álcool e drogas em geral, doenças orgânicas que afetam o emocional, enfim, são muitos os motivos que levam à psicoterapia, na busca do autoconhecimento, auto aceitação e melhora pessoal. O reflexo disso é a melhora do ambiente em que está inserido trazendo a auto confiança e maior assertividade de suas atitudes.

Então, vamos cuidar de nossa saúde mental enquanto a temos. E lembrar que, onde há presença dos seres humanos cabe a atuação do Psicólogo, somente isso!

Um abraço queridos leitores!

Rosianne Rodrigues - Mais MinasRosianne Rodrigues é Psicóloga, graduanda em Neuropsicologia. Assina esta coluna quinzenalmente. Caso tenha sugestões de temas, dúvidas e perguntas ou críticas mande um e-mail para [email protected]

 

quando procurar um Psicólogo

Leia também: Saúde Mental: A nutrição do corpo saudável se inicia nutrindo o cérebro

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios