Mais Minas
Portal de notícias de Minas Gerais

Redes sociais de Carlos Bolsonaro são excluídas

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, amanheceu sem contas nas redes sociais nesta terça-feira (12). As redes Facebook, Instagram e Twitter do vereador não estão mais ativas, entretanto, ainda não se sabe se os perfis foram suspensos ou deletados.

Carlos é um político presente nas redes sociais, além de fazer gestão das contas do pai, Jair Bolsonaro. Entretanto, ele vem se envolvendo em diversas polêmicas. Entre elas, uma publicação feita no próprio perfil do presidente em relação ao apoio a prisão após condenação em segunda instância. Apesar do post ter sido apagado, Carlos assumiu ter sido o autor da mensagem.

Outra publicação que também deu o que falar foi o vídeo divulgado em seu twitter sobre os leões e hienas, que causou confusão, inclusive, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Essa não foi a primeira vez em que o vereador ficou fora das redes. Em junho deste ano, Carlos Bolsonaro teve seu perfil do Facebook bloqueado, após publicar imagens de criminosos na rede. Ele ficou impossibilitado de acessar o seu perfil por sete dias, como uma maneira de punição, por ter “quebrado as regras de privacidade da empresa”.

A publicação foi feita com criminosos menores de idade segurando armas de fogo. Segundo ele, a intenção era defender o decreto de armas de Jair Bolsonaro, que flexibilizava o porte de armas.

Veja a repercussão nas mídias

https://twitter.com/vrm_sep/status/1194207896613085184

https://twitter.com/oandrep/status/1194201921432752128

Comentários do Facebook
você pode gostar também