14.6 C
Belo Horizonte
quarta-feira, 29 junho 2022

Vênus influencia horóscopo para o Dia dos Namorados; veja!

Vênus abraçará Urano no próximo domingo, 12,...

Horóscopo: 10 curiosidades para quem ama

Milhões de pessoas procuram ser orientar diariamente...
Portal Mais MinasSignosHoróscopoHoróscopo revela como será a quaresma para 4 signos: Áries, Touro, Gêmeos e Câncer

Horóscopo revela como será a quaresma para 4 signos: Áries, Touro, Gêmeos e Câncer

O horóscopo revela que a quaresma deste ano será diferente devido aos eventos astrológicos com tendência à “retrogradação”. O desejo de sair mais e a comunicação exagerada pode acometer todos os signos do zodíaco.

Durante a quaresma já é cultural que as pessoas fiquem mais quietas, focando mais no trabalho e estudo, deixando a vida social um pouco de lado.

Esse será um período em que os relacionamentos serão colocados em cheque. Decisões importantes terão que ser tomadas, o que marcará o encerramento de um ciclo para o nascimento de outro.

A presença de Saturno e Urano no signo de Peixes traz uma movimentação a mais, desta vez relacionada com as finanças. Existe a possibilidade de locomoção geográfica, que inclui viagem internacional, sobretudo para Áries, Capricórnio e Peixes, prediz o horóscopo.

A entrada de Júpiter em Áries, evento que ocorrerá no começo de abril, entregará aos demais signos coragem e um espírito mais aventureiro, o que para Escorpião, por exemplo, por ser um signo muito intenso, pode ser perigoso, pois seus nativos podem se lançar em negócios ou situações de alto risco e como consequência, perder algo ou alguém (no sentido sentimental).

A quaresma também trará um movimento considerável de Mercúrio que, neste ano, ao invés de realizar movimentações retrógradas apenas três vezes, como comumente acontece, fará quatro. Sendo duas vezes ao longo da “quarentena”.

Logo, religiosos sentirão maior dificuldade em cumprir suas penitências. As possibilidades de desacordos familiares são grandes e a ruptura de relacionamentos amorosos estarão presentes. Segundo o horóscopo, o número de divorciados tende a aumentar até o dia 14 de abril.

Vale destacar a entrada do astro rei Sol e o equinócio, que ocorre a partir do dia 20 de março. Posicionado em grau zero, o evento marca o início da Primavera do Hemisfério Norte e Outono no Sul.

Portanto, brasileiros devem esperar um momento de introspecção, mas que trará bons frutos, como o desenvolvimento emocional e espiritual. Aprender a renunciar situações importantes do dia a dia e educar os pensamentos e palavras são outros bons aprendizados.

Em tudo há um lado positivo. As pessoas de todos os signos que souberem aproveitar os turbilhões astrológicos para o amadurecimento da alma, certamente estarão mais leves e seguros a partir do mês de março. E mais fortes, terão um ano mais tranquilo em todos os aspectos.

Previsões astrológicas para a quaresma

Já estamos no quarto dia da quaresma. O sentimento de responsabilidade e a vontade de começar novas rotinas são inerentes ao período. Vejamos o que os astros dizem através do horóscopo sobre cada signo.

Áries

Mais fortificados do que no final do último ano, o ariano agora vive um momento de força emocional muito positivo.

A tendência é de que os nativos de Áries diminuam o ritmo social para focar em seus objetivos. Por isso, podem se encontrar menos comunicativos do que o convencional.

Há previsões de mudanças comportamentais também relacionados à vícios e rotinas ruins. O ariano pode procurar cuidar melhor da saúde, justamente para estar disposto a enfrentar novos desafios profissionais.

O horóscopo também diz que no amor as coisas estarão mais fluídas. Não haverá espaço para grandes paixões e o ariano pode nem se dispor a isso, mas também não sentirá solidão.

Touro

Taurinos tem tudo para sair do comodismo atual para entrar em uma zona desconhecida.

Estarão dispostos emocionalmente a viverem relações mais sólidas, deixando o imediatismo de lado para experimentar a vida a dois. Isso trará amadurecimento e ensinará o nativo em Touro a se doar mais para as pessoas que o amam, indica o horóscopo.

Junto com o novo amor, surgirão novas necessidades. Oportunidades de trabalho podem surgir. Para completar a novidade de vida, o taurino precisará se abrir ao novo, que envolve esforço físico e mental.

Gêmeos

O horóscopo da quaresma para o geminiano prevê altos e baixos. É o famoso ditado “Sem sorte no jogo, feliz no amor“, só que ao contrário.

As previsões são de movimentação intensa no trabalho, com possibilidade de promoção, ou mesmo de fechamento de um grande negócio.

Em contraponto, no amor, as coisas podem desandar. O sentimento de não ser correspondido em sua totalidade pode permear os pensamentos do nascido em Gêmeos, a partir disso a necessidade de se distanciar pode ser grande.

Se recolher junto a família contribuirá para que o geminiano encontre um melhor caminho. deve ter cuidado em realizar pré-julgamentos.

Câncer

De acordo com o horóscopo, o signo de Câncer viverá um momento de total apatia. De um lado será positivo, pois não sentirá tantas emoções, como costumeiramente sente. Entretanto do outro, pode parecer nada empático com as dores e os sofrimentos alheios.

Uma quaresma de descanso emocional, assim podemos definir como o canceriano estará neste período. Porém quando ele terminar, é preciso que retorne ao seu estado natural. Afinal do que seria o mundo sem a sensibilidade aguçada desses nativos?

Outro ponto positivo aqui é que não sofrerá por amor, aliás, não sentirão amor por alguém tão forte o quanto tradicionalmente sentem. Sim, quem desejar iniciar uma relação com um canceriano, deve adiar os planos para a segunda quinzena do mês de abril. Estão “fechados para balanço”.

A quaresma é cristã, mas pode ter origem pagã

A quaresma é entendida como o período que antecede o domingo páscoa, data em que se comemora a ressurreição de Jesus Cristo.

A páscoa ganhou um novo significado com a vinda de Cristo à Terra, entretanto, ela é comemorada muito antes. Marcava o êxodo, ou seja, a saída e libertação do povo judeu do Egito, onde era escravizado.

Pelo fato de serem escravos durante 400 anos através das ordens dos faraós, a cultura judaica se mesclou com a egípcia.

Os povos pagãos da época possuíam culturas bem semelhantes. A Pérsia, que futuramente dominou o Egito, por exemplo, praticava o politeísmo ou animismo (mitologia viva), assim como os egípcios.

Os tradicionais ovos de páscoa são a prova viva do sincretismo cultural entre judeus e egípcios. Do ponto de vista do paganismo, eles representam a fertilidade, não tendo nada a ver com o judaísmo, menos ainda com o cristianismo.

Assim como o ovo da páscoa, outros elementos pagãos foram incluídos no judaísmo, como a árvore de natal, os meses de um ano, os dias da semana, entre outros.

Já o período de quaresma (40 dias) é muito intrigante. No paganismo ela simboliza o período de descanso dos deuses. Assim como em algumas religiões de natureza espírita e com origem africanas, que tem suas particularidades. A quaresma é vivida de formar diferentes em cada religião afro.

Vamos nos ater ao candomblé, que durante os 40 dias suspende suas atividades festivas. Os seus adeptos compreendem o momento como de “descanso do Orixá” em relação à Terra. Ou seja, é quando a divindade sai da Terra para descansar da humanidade, ficando os trabalhadores dos terreiros responsáveis pelas casas, não recebendo mais ninguém.

Cientes de que o Antigo Egito é uma sólida base para todas as religiões espíritas, podemos concluir que a frase do respeitado antropólogo Cheikh Anta Diop “O Egito é para o resto da África negra o que a Grécia e a Roma são para o mundo ocidental” faz total sentido.

Refletindo o judaísmo com influências pagãs, chegamos a conclusão de que para estas religiões o período tem o mesmo significado. No judaísmo e cristianismo, representa o momento de preparação do tempo para receber o sacrifício expiatório, já para o espiritismo afro, com base no Antigo Egito, simboliza a preparação dos terreiros para receber as festividades.

Logo, quaresma aqui é preparação.

Destacamos aqui que, além de base para religiões espíritas, o Egito teve forte participação na criação dos conceitos pilares da astrologia. A observação dos astros, planetas e estrelas já eram praticadas pelos egípcios em 2769 antes de Cristo.

Por isso, podemos trazer o conceito de preparação para nosso horóscopo da quaresma. Que tal aproveitar essas energias para se fortalecer espiritualmente?

Você pode gostar também:

RECENTES

Veja também sobre: