A possibilidade de jogar online vem popularizando o antigo jogo

Por Rodolpho Bohrer
0 comment

Uma das tradições da população brasileira é o famoso jogo do bicho, modalidade criada em 1892. Mesmo sendo considerada ilegal desde a década de 40, foi repassada de geração para geração, atraindo milhares de apostadores todos os dias até hoje.

A possibilidade de jogar online vem popularizando o antigo jogo
Foto: Pexels

Porém, com o avanço da tecnologia, cassinos online no Brasil também passam a ficar de olho no jogo do bicho, afinal, a procura pela operação na internet é grande.

Inclusive, o jogo do bicho superou o LoL, Counter Strike e Fortnite nas pesquisas online, crescendo 140% no primeiro mês da pandemia, superando muitas outras formas de entretenimento online.

 O jogo ficou entre os 25 termos mais procurados do Google pelo público brasileiro. É o que diz a análise do especialista Polli Cavalcanti, com estudos entre 2019 e 2020.

Vale ressaltar que apesar de ser ilegal, existe um debate para legalizar a modalidade, bingos e cassinos no país. Dessa forma, a Câmara dos Deputados chegou a aprovar um texto base, mas o Senado criou uma Frente Parlamentar contra. Com isso, a situação segue indefinida, mas com a expectativa de um desfecho em 2023.

É possível jogar online?

Foto: Pexels

Primeiro, é importante ressaltar que as apostas online são liberadas no Brasil, através de plataformas regularizadas em outros locais. São diversas opções que possibilitam apostas esportivas e cassinos.

Se tratando do jogo do bicho, existem plataformas com a modalidade, mas atuando diferente do tradicional. Nelas, sorteios aleatórios são feitos após o apostador escolher os animais disponíveis, ou até mesmo algumas combinações com eles.

Portanto, é possível sim usufruir do jogo do bicho online, mas fique de olho nos termos e condições da plataforma escolhida e, ciente de que não é como o tradicional, encontrado em bancas clandestinas pelo país.

Como funciona a forma tradicional?

A ideia inicial do jogo do bicho foi atrair visitantes a um zoológico do Rio de Janeiro, com um animal em cada bilhete, ocorrendo um sorteio no final do dia. Porém, passou por adaptações e chegou até o modelo atual, que é considerado o tradicional

Nele, são 25 animais disponíveis, cada um sendo alocado em dezenas para cobrir os números de 00 a 99. Portanto, após o sorteio, sempre é levado em conta os dois últimos números para identificar o animal, mas também existem apostas com os números completos.

O mais curioso é que, para tornar toda a transação possível, o jogo do bicho usufrui dos sorteios da loteria federal, sem o consentimento da Caixa. Portanto, os cinco primeiros números de cada concurso na loteria federal são utilizados para definirem os contemplados.

Com isso, são realizados diversos sorteios todos os dias e os apostadores do jogo do bicho aproveitam para fazer os seus jogos em bancas clandestinas, ao menos até que tudo seja legalizado no país.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS