O que você procura?

Conheça a Lotofácil, a Loteria mais fácil de ganhar

O quão atrativa é uma loteria chamada Lotofácil? Bom, para quem sonha em ganhar uma “bolada” em dinheiro apenas marcando um volante de apostas, muito. E esse é realmente o propósito do jogo que busca ser o caminho mais curto para os sonhos de diversos brasileiros em todos os cantos do país.

Notícias Lotofácil

A Lotofácil foi criada em 2003, tendo completado sua “maioridade” em 2021, e seu primeiro concurso aconteceu no dia 29 de setembro do ano de seu nascimento. Assim como as principais loterias do Brasil, como Mega-Sena e Quina, a modalidade é controlada pela Caixa Econômica Federal.


Além do sistema de jogo simplificado, que será explicado adiante, um dos atrativos da Lotofácil é a frequência de seus sorteios, que acontecem em seis dos sete dias da semana, de segunda-feira a sábado, sempre às 20h. Assim como na Quina, somente os domingos passam em branco no que se diz respeito aos sorteios da modalidade de loteria.

Como apostar na Lotofácil?

Volante de aposta da Lotofácil – Foto: Mais Minas

Apostar na Lotofácil é fácil! Brincadeiras à parte, é fácil mesmo. Por suas probabilidades maiores de acerto em relação a outras modalidades das Loterias Caixa, ela se tornou febre entre os apostadores.

Ao se deparar com um volante de apostas da Lotofácil, logo é possível notar uma diferença em relação às suas irmãs, como a Mega-Sena e Quina. O bilhete da loteria mais fácil possui somente 25 números e conforme estes são preenchidos, mais uma grande distinção pode ser vista, já que o jogador aposta assinalando entre 15 e 20 números, o que preenche as casas disponíveis quase que por completo.

É possível ganhar acertando 11, 12, 13, 14 ou 15 números, sendo que cravando as 15 dezenas sorteadas, se fatura o prêmio principal, o que acontece com certa frequência, já que apenas 25 números participam do sorteio.

Valores das apostas

*Valores consultados no dia 22/11/2021.

Assim como de costume nas loterias, as apostas da Lotofácil custam valores variados, a depender da quantidade de apostas compradas. A aposta mínima, de 15 dezenas, custa somente R$ 2,50. Isso contribui com o caráter popular da modalidade, principalmente porque é possível se ganhar com entre 11 e 15 acertos, sendo o maior deles o prêmio principal.

Ou seja, caso você seja muito sortudo mesmo, dá pra ficar rico gastando menos que uma passagem de ônibus, e se você for ligeiramente menos sortudo, ainda dá pra tirar uma grana acertando menos dezenas.

Caso deseje dar um empurrãozinho a mais para a sorte e apostar 16 números, o valor sobe para R$ 40,00; Se a aposta for em 17 números, R$ 340,00; Caso o jogador escolha assinalar 18 dezenas, pagará R$ 2.040,00; Para jogar em 19 unidades, o apostador precisará desembolsar R$ 9.690,00; e por fim, caso queira jogar com 20 números, podendo errar até um quarto deles e ainda assim receber o prêmio máximo, o jogador terá que pagar nada menos que R$ 38.760,00.

Ganhando com menos acertos

Um dos principais atrativos da Lotofácil é, como já dito anteriormente, a possibilidade de ganhar prêmios com menos acertos. Portanto, não é necessário acertar os 15 números para receber algum valor.

Exemplificando, caso o apostador compre 15 apostas e assinale os números 1, 2, 4, 5, 6, 7, 12, 13, 16, 18, 19, 20, 21, 23 e 25, e no sorteio saiam exatamente essas dezenas, ele fatura o prêmio máximo.

Caso saiam essas dezenas, exceto o número 23, ele recebe um valor menor. Se forem sorteados estes números, exceto 23 e 25, ele também recebe um valor, inferior ao anterior. Caso saiam os números escolhidos, exceto 1, 23 e 25, ele segue ganhando. E, por fim, mesmo que, por exemplo, os números 1, 7, 23 e 25 não sejam sorteados, ele segue embolsando, dessa vez, o mínimo valor possível num concurso.

Se a aposta for feita assinalando mais números, 20 por exemplo, a margem de erro do apostador aumenta ainda mais, podendo errar até mais números sem que saia “de mãos abanando”.

Acumulação

A exemplo da Mega-Sena e da Quina, a Loto Fácil é uma loteria acumulativa, ou seja, no caso de não haver nenhum acerto dos15 números, o prêmio em dinheiro acumula para a primeira faixa de valores do prêmio seguinte, deixando a quantia ainda mais alta, até que haja um felizardo que crave os 15 números sorteados e leve o prêmio máximo. É importante frisar que a acumulação só é válida para prêmios máximos, ou seja, de 15 acertos.

Teimosinha e Surpresinha

Além das maneiras comuns de se apostar, escolhendo determinados números e marcando a quantidade adquirida no volante da loteria, existem também outras formas de “fazer sua fé”.

A Teimosinha é para aquelas pessoas persistentes ou superticiosas, que preferem não trocar seus números nas apostas. Vai que houve um sonho que parecia entregar os números que seriam sorteados, não é? Assim, o apostador que escolhe jogar neste formato pode concorrer com os mesmo números por três, seis, 12, 18 ou 24 concursos consecutivos. O nome já acaba entregando.

Outra modalidade que permite uma inferência de seu funcionamento tão somente por seu nome é a Surpresinha, que consiste na escolha dos números do apostador feitas pelo sistema das Loterias Caixa. Ou seja, basta escolher com quantos números deseja apostar e assim receber os números “de surpresa”.

Probabilidades de acerto

Como já citado acima, as probabilidades de acerto da Lotofácil variam de acordo com o número de dezenas adquiridas pelo apostador, mas são bem mais generosas com os jogadores do que a de outras loterias. Apesar disso, estes são dados subjetivos. Como se trata da sorte, é impossível prever quem serão os acertadores e alguém com quinze números adquiridos pode ganhar de alguém que comprou vinte, por exemplo, ou vice versa.

Vamos às probabilidades de acerto (1 em) comprando:

  • 15 dezenas: 15 acertos – 3.268.760; 14 acertos – 21.792; 13 acertos – 692; 12 acertos – 60; 11 acertos – 11.
  • 16 dezenas: 15 acertos – 204.298; 14 acertos – 3.027; 13 acertos – 162; 12 acertos – 21; 11 acertos – 6.
  • 17 dezenas: 15 acertos – 24.035; 14 acertos – 601; 13 acertos – 49; 12 acertos – 9; 11 acertos – 4.
  • 18 dezenas: 15 acertos – 4.006; 14 acertos – 153; 13 acertos – 18; 12 acertos – 5; 11 acertos – 3.
  • 19 dezenas: 15 acertos – 843; 14 acertos – 47; 13 acertos – 8; 12 acertos – 3,2; 11 acertos – 2,9.
  • 20 dezenas:  15 acertos – 211; 14 acertos – 17; 13 acertos – 4,2; 12 acertos – 2,6; 11 acertos – 3,9.

* O sistema de probabilidades “em 1” funciona assim: se a chance é de 1 em 4, como no caso de 11 acertos comprando 17 dezenas, quer dizer que jogando dessa forma, a cada quatro jogos que fizer, provavelmente o apostador será premiado em um deles com 11 acertos. Claro que esta não é uma ciência exata, mas sim norteadora.

Sorteio

Imagem: Caixa/Youtube

Os sorteios da Quina seguem a linha clássica e causam associação até mesmo para aquelas pessoas que não são aficionadas em loterias. Eles saem em bolinhas coloridas, numeradas de 01 até 25, misturadas dentro de um recipiente maior, e sorteadas 15 vezes para a apuração dos vencedores.

É importante lembrar que, pelo sorteio ocorrer de segunda-feira à sábado, às 20h, os apostadores podem concorrer ao prêmio do dia com apostas feitas somente até às 19h do dia do concurso.

Geralmente, os sorteios da Quina estão sendo realizados no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo/SP, no Auditório da Caixa em Brasília/DF ou em ambientes de sorteio de uso da Caixa. Anteriormente, os resultados também eram descobertos pelo Caminhão da Sorte da Caixa, que viajava para diferentes regiões do país, a fim de acompanhar o público durante o concurso. Mas com a pandemia do novo coronavírus, as viagens do veículo foram suspensas.

Premiação da Lotofácil

A exemplo de outras loterias da Caixa como Quina, Mega-Sena e Dupla Sena, a Lotofácil tem suas premiações financiadas pela própria arrecadação com as vendas de seus bilhetes. O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação.

De acordo com site das Loterias Caixa, dessa porcentagem, será deduzido o pagamento dos prêmios com valores fixos:

– R$ 5,00 para as apostas com 11 prognósticos certos entre os 15 sorteados;

– R$ 10,00 para as apostas com 12 prognósticos certos entre os 15 sorteados;

– R$ 25,00 para as apostas com 13 prognósticos certos entre os 15 sorteados.

Após a apuração dos prêmios fixos, ou seja, que não variam, independentemente do valor arrecadado daquele concurso, o valor restante do total destinado a premiação é distribuído entre os acertadores de 14 e 15 dezenas da seguinte forma:

– 62% entre os acertadores de 15 números;

– 13% entre os acertadores de 14 números;

Ou seja, se após retirados os valores de todos os acertadores entre 11 e 13 dezenas, restarem R$ 3 milhões, R$ 1,86 milhão vai para aqueles que “cravarem” 15 dezenas e R$ 390 mil serão divididos para os que marcarem 14 pontos.

Mas tem valor sobrando aí, não é? Sim. Ainda ficam restando 25%, que são distribuídos da seguinte forma:

– 10% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 15 números nos concursos de final 0;

– 15% ficam acumulados para a primeira faixa (15 acertos) do concurso especial, a Lotofácil da Independência, realizado em setembro de cada ano.

Concursos de final 0

Quando os concursos têm final 0, como o 2360, por exemplo, as regras mudam. As quantias pagas aos vencedores de valores fixos, entre 11 e 13 acertos, seguem as mesmas, mas a partir daí a contagem é diferente e é dividida da seguinte forma:

– 72% entre os acertadores de 15 números;

– 13% entre os acertadores de 14 números;

– 15% ficam acumulados para a primeira faixa (15 acertos) do concurso especial realizado em setembro de cada ano.

As Loterias Caixa ainda avisam: “Os prêmios prescrevem 90 dias após a data do sorteio. Após esse prazo, os valores são repassados ao Tesouro Nacional para aplicação no FIES – Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior”.

Jogando de forma remota

Atualmente, uma demanda cada vez mais crescente é a realização de operações diversas de forma remota, como pagamentos, transferências, delivery de alimentos, compras, etc. Essa tendência, que já vinha em crescimento na década, alcançou números bastante expressivos com a pandemia do novo coronavírus, que fez com que as pessoas precisassem evitar o contato social e dar preferência à permanência em casa.

Segundo pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, 91% dos brasileiros com acesso à internet, realizaram compras online entre 2020 e 2021, tendo 87% concluído as transações com o uso de smartphones. Sendo assim, se tornou grande a necessidade de disponibilização de serviços do tipo em vários setores da sociedade.

E quando o assunto é adaptação tecnológica, as loterias não ficam para trás. Até mesmo a concorrida Quina ganhou sua versão online, que pode ser acessada por computadores, tablets e smartphones.

Para jogar sem sair de casa, basta que o apostador acesse o site ou baixe o aplicativo Loterias Caixa pelo dispositivo compatível e realize o processo de escolha e compra dos bilhetes, assim como faria numa lotérica. Também existem outros sites especializados em apostas online, sendo estes facilmente encontrados após busca simples no Google. E é claro, é necessário que o apostador esteja conectado na internet para realizar seu jogo.

Um cuidado a ser tomado é com os prazos estabelecidos pelos portais de apostas online. Não há diferença entre o apostador que joga de forma física e o que faz a sua “fezinha” pela tela de um dispositivo digital. Ambos concorrem aos mesmos prêmios, em pé de igualdade.

Bolão

Modalidade de apostas bem comum em loterias, os bolões também podem ser adotados para jogar na Lotofácil. Nesse tipo de aposta, as chances de vitória crescem, pois mais bilhetes são adquiridos e, consequentemente, mais jogos realizados. Por outro lado, em caso de acerto, o prêmio é dividido pelo grupo participante do bolão.

Com valor mínimo de R$ 10,00, os Bolões da Lotofácil não podem ter cota inferior a R$ 3,00. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 8 cotas (para apostas compostas por 15 números) ou mínimo de 2 e máximo de 25 (para apostas compostas por 16 números) ou mínimo de 2 e máximo de 30 (para apostas compostas por 17 números) ou mínimo de 2 e máximo de 35 (para apostas compostas por 18 números) ou mínimo de 2 e máximo de 70 (para apostas compostas por 19 números) ou mínimo de 2 e máximo de 100 (para apostas compostas por 20 números).

É permitida a realização de no máximo 10 apostas por Bolão, em caso de bolões com 15, 16, 17 ou 18 números, no máximo 6 apostas por Bolão para Bolões com 19 números e no máximo 1 aposta por Bolão para bolões com 20 números.

Se o Bolão efetuado tiver mais de uma aposta, todas elas deverão conter a mesma quantidade de números de prognósticos. Também é possível comprar cotas de bolões organizados pelas Unidades Lotéricas, com a possibilidade de cobrança de Tarifa de Serviço adicional de até 35% do valor da cota.

Lotofácil da Independência

Loterias: confira o resultado da Lotofácil da Independência, Mega-Sena 2408 e outras loterias de sábado
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Algumas loterias brasileiras possuem concursos especiais, geralmente em datas comemorativas, que reservam prêmios muito maiores que dos concursos convencionais, visto que acontecem, somente uma vez por ano, além de não serem cumulativos. São quatro as loterias que possuem esse tipo de sorteio: Mega-Sena, Quina, Dupla Sena e Lotofácil. Estes acontecem, respectivamente, no ano novo, nas festas juninas, na Páscoa e no Dia da Independência do Brasil.

E a data comemorativa escolhida para receber o concurso especial da Lotofácil é nada menos que a data mais importante do Brasil como unidade federativa: a Independência, celebrada em 7 de setembro.

Durante 30 dias, são recebidas apostas independentes, com o perdão do trocadilho, às apostas para os concursos ordinários da Lotofácil, que seguem acontecendo. Para não haver confusão acerca das apostas, a Lotofácil da Independência tem um volante exclusivo, que difere daquele utilizado nos concursos convencionais.

Premiação da Lotofácil da Independência

A Lotofácil de Independência paga um percentual mais alto em relação aos concursos ordinários, sendo 87% do prêmio distribuído entre os acertadores da primeira faixa, com 15 números, e 13% aos acertadores da segunda faixa, com 14 dezenas sorteadas. Sendo assim, supondo que o prêmio total acumulado é de R$ 100 milhões, R$ 87 milhões seriam divididos entre aqueles que tivessem 15 acertos e R$ 13 milhões entre os que tivessem 14 acertos.

A composição da primeira faixa de premiação (quinze acertos) é a seguinte:

– 87% do percentual destinado a prêmios, de acordo com a arrecadação do respectivo concurso;

– O total acumulado para o concurso especial;

– O total acumulado para o concurso de final zero;

– O total acumulado do concurso anterior, quando houver.

A Lotofácil da Independência acumula?

Bem, a resposta técnica para a pergunta acima é: sim, acumula. Mas na prática, isso é praticamente impossível de acontecer. A ideia dos concursos especiais é que seus prêmios não acumulem, por isso a probabilidade disso acontecer é mínima. Para se ter ideia, na Lotofácil da Independência de 2021, 57 pessoas dividiram o prêmio principal, de mais de R$ 159 milhões.

Apesar da baixa probabilidade, existem regras de acumulação. Se ninguém acertar as 15 dezenas, o prêmio será rateado entre os acertadores de quatorze números. Se não houverem acertadores de 14 números, o prêmio será dividido entre aqueles que acertarem 13. Se ninguém acertar 13, os que acertarem 12 terão o valor dividido entre si. Se isso não ocorrer, o prêmio sobra para os apostadores com 11 acertos.

Agora, se não houver ninguém que cravou pelo menos 11 dos 15 números sorteados, os valores acumulam para o concurso seguinte, na primeira faixa de premiação (15 acertos). Apesar de possível, essa situação é absolutamente improvável, já que a probabilidade de acertar 11 dezenas jogando 15 números, a aposta mínima, é de uma a cada 11 jogos. Portanto, com o contingente de apostas nesse tipo de concurso, é normal que jamais haja necessidade de acumulação da Lotofácil da Independência para o próximo concurso.

Retirando os prêmios

Se você for um sortudo e levar um dos prêmios da Lotofácil, poderá retirar os valores em qualquer casa lotérica credenciada ou nas agências da CAIXA. É importante saber que há algumas regras para retirada que dependem do valor ganho. O site das Loterias Caixa diz o seguinte:

“Caso o prêmio bruto seja superior a R$ 1.903,98, o pagamento pode ser realizado somente nas agências da Caixa, mediante apresentação de comprovante de identidade original com CPF e recibo de aposta original e premiado. Valores iguais ou acima de R$ 10.000,00 são pagos no prazo mínimo de D+2 a partir de sua apresentação em Agência da CAIXA”.

Sobre apostas realizadas no Portal Loterias CAIXA ou Aplicativo Loterias CAIXA, o site das Loterias Caixa diz o seguinte:

“Prêmios de apostas realizadas no Portal Loterias CAIXA ou no app Loterias CAIXA, cujo valor líquido seja até R$ 1.332,78 (bruto de R$ 1.903,98), poderão ser recebidos em qualquer agência da CAIXA ou unidade lotérica ou, ainda, por transferência ao Mercado Pago, à escolha do apostador.

Caso a opção seja receber em uma lotérica, você deve apresentar o comprovante impresso da aposta (que possui um código de barras) além de trazer consigo em memória o código de resgate (de 6 números), numeração gerada no Portal Loterias CAIXA, com prazo de validade de 24 horas.

Outra opção para recebimento em lotérica é gerar um QR Code para cada aposta premiada, acessando o Portal Loterias CAIXA por meio de um dispositivo móvel (celular, tablet etc.). O QR Code gerado possui validade de 60 minutos e pode ser lido por qualquer lotérica. No recebimento por QR Code não há necessidade da impressão do comprovante”.

Estatísticas da Lotofácil

*Números conferidos no dia 23/11/2021.

Apesar de um vencedor da Lotofácil não se equiparar, em valores recebidos, ao de loterias como Mega-Sena e Quina, principalmente pelo prêmio da loteria mais fácil de se ganhar costumeiramente ser dividido entre muitos sortudos, as chances de sucesso apostando nessa modalidade são bem maiores que nas das suas “irmãs”.

Como possui um concurso especial, onde os valores são muito inflados em relação aos sorteios normais, o recorde da Lotofácil aconteceu na edição de Independência do ano de 2021, chegando a R$ 159.137.704,35. Essa foi a segunda vez que a loteria ultrapassou a casa dos R$ 100 milhões. Completando o top 5 de prêmios recorde, estão: R$ 124.999.910,00 (2020); R$ 99.487.428,15 (2019); R$ 91.702.300,80 (2018) e R$ 89.610.756,66 (2015).

Estados “mais sortudos”

Dentre os “estados mais sortudos da Lotofácil” até a data de produção deste texto, em 23 de novembro de 2021, estão São Paulo, com 2661 vencedores, o que representa 30,9% do total; Minas Gerais, com 982 felizardos e 11,4% de todos que já venceram; Rio de Janeiro, com 616 ganhadores, chegando a 7,15% do número cheio; Bahia, com 564 sortudos e 6,55%; Paraná, com 545 premiados e 6,32%. 

Como os concursos ordinários e os especiais possuem premiações diferentes, não necessariamente os estados com mais ganhadores receberam maior montante, apesar de, nesse caso, os cinco primeiros colocados estarem na mesma ordem da lista anterior. Com grande parte dos vencedores, São Paulo segue soberano, tendo arrecadado R$ 1.391.714.864,15. O segundo colocado é Minas Gerais, com R$ 511.004.178,65. O Rio de Janeiro fica na terceira colocação, com R$ R$ 325.285.420,67. A Bahia vem na sequência com R$ 291.144.398,66. O Paraná vem logo atrás com R$ 290.737.039,36.

Arrecadação

Toda loteria brasileira, realizada de forma legal pela Caixa, tem parte de sua arrecadação destinada à União, para aplicação nas áreas de seguridade social, cultura, segurança pública e esporte. No caso da Quina, os valores são distribuídos da seguinte forma:

  • Prêmio Bruto (43,35%)
  • Seguridade Social (17,32%)
  • Fundo Nacional da Cultura – FNC (2,92%)
  • Fundo Penitenciário Nacional – FUNPEN (1%)
  • Fundo Nacional de Segurança Pública – FNSP (9,26%)
  • Ministério do Esporte (Ministério da Cidadania) (2,46%)
  • Fenaclubes (0,04%)
  • Secretarias de esporte, ou órgãos equivalentes, dos Estados e do Distrito Federal (1%)
  • Comitê Brasileiro de Clubes – CBC (0,50%)
  • Confederação Brasileira do Desporto Escolar – CBDE (0,22%)
  • Confederação Brasileira do Desporto Universitário – CBDU (0,11%)
  • Comitê Olímpico do Brasil – COB (1,73%)
  • Comitê Paralímpico Brasileiro – CPB (0,96%)
  • Despesa de custeio e manutenção (19,13%), dividida em:
  • Custeio de despesas operacionais (9,57%)
  • Fundo de Desenvolvimento de Loterias – FDL (0,95%)
  • Comissão dos lotéricos (8,61%) – Sendo que deste valor, 3,11% é destinado a comissão dos lotéricos referente às vendas nos Canais Eletrônico
  • Total 100%

Com a Lotofácil, como o nome já entrega, é bem mais fácil realizar seus sonhos. E não se trata de achismo. É estatística. Portanto, corra para Lotérica ou para o celular/computador/tablet, e faça sua aposta. Somente 15 números te separam de um monte de dinheiro!

ATENÇÃO: Ao copiar uma matéria do Mais Minas, ou parte dela, não se esqueça de incluir o link para a notícia original.