Em meio às montanhas de Minas Gerais, a cidade de Ouro Preto guarda um tesouro histórico que encanta a todos que a visitam. Com suas ruas de paralelepípedos, igrejas barrocas e museus ricos em arte, a antiga capital revela a essência do Brasil colonial. Este roteiro de 7 dias promete uma imersão completa nessa joia histórica.


Dia 1: Imersão nas Raízes Culturais

Ao chegar em Ouro Preto, a magia do século XVIII envolve os visitantes. Comece sua jornada explorando o Museu da Inconfidência. Suas coleções ricas em arte, história e revolução brasileira proporcionam um mergulho no passado.

Museu da Inconfidência
Museu da Inconfidência

Dia 2: Riqueza nas Igrejas Barrocas

Ouro Preto é conhecida por suas igrejas barrocas deslumbrantes. No segundo dia, visite a Basílica de Nossa Senhora do Pilar e a Igreja de São Francisco de Assis. Os detalhes arquitetônicos e as obras de arte sacra são verdadeiros tesouros.

Igreja de São Francisco de Assis
Igreja de São Francisco de Assis

Dia 3: Mina do Chico Rei

Dizem as lendas transmitidas pela história oral que a mina era propriedade de Chico Rei, um escravo que supostamente conquistou sua alforria e enriqueceu. Segundo essas narrativas populares, ele teria sido o único negro a possuir uma mina de ouro nos tempos coloniais.

A mina, notavelmente preservada, encontra-se nos fundos do quintal de uma propriedade privada. A área total abrange 8 km², com 175 galerias abertas, escavadas em três níveis de profundidade; destes, 325 metros são iluminados.

A Mina do Chico Rei oferece ainda um passeio radical com duração de 2 a 4 horas, abrangendo mais galerias e proporcionando explicações mais detalhadas.

Mina do Chico Rei
Mina do Chico Rei – Foto: Ane Souz

Dia 4: Patrimônio em Mariana

Faça uma breve viagem até Mariana, cidade vizinha cheia de história. Destaque para a Igreja São Pedro dos Clérigos e o Museu de Arte Sacra. A arquitetura colonial preservada e as exposições tornam o passeio enriquecedor.

Igreja São Pedro dos Clérigos
Igreja São Pedro dos Clérigos

Dia 5: Mina Du Veloso – Uma Viagem ao Subterrâneo

Explore as entranhas de Ouro Preto visitando a Mina Du Veloso. Descubra os segredos das antigas minas de ouro, mergulhando na história da exploração mineral no Brasil. A atmosfera subterrânea proporciona uma experiência única.

Mina Du Veloso
Mina Du Veloso – Foto: Ane souz

Dia 6: Parque da Andorinhas – O Refúgio da Natureza

Desfrute do sexto dia explorando o Parque da Andorinhas. Rodeado por uma exuberante paisagem natural, o parque oferece trilhas, cachoeiras e a chance de observar a diversificada fauna e flora da região. Uma pausa tranquila em meio à natureza.

Mirante do Parque da Andorinhas
Mirante do Parque da Andorinhas – Foto: reprodução via parquedasandorinhas.ouropreto.mg.gov.br

Dia 7: Despedida com Pôr do Sol em Lavras Novas

Encerre sua viagem em grande estilo em Lavras Novas, conhecida pelos pores do sol deslumbrantes. Suba até o mirante e desfrute da vista panorâmica. Ouro Preto, com sua história e beleza, certamente deixará lembranças inesquecíveis.

Lavras Novas
Lavras Novas

Espero que este roteiro transforme sua visita a Ouro Preto em uma experiência memorável. Para mais inspiração visual, confira este link para imagens de alta qualidade.ane

E se quiser mergulhar ainda mais na atmosfera única desta cidade, assista a estes vídeos no Youtube que capturam a essência de Ouro Preto.

COMENTÁRIOS
Share.

Amante da música, compositora e estudante de jornalismo. No Mais Minas é redatora nas editorias de entretenimento, cidades e moda.