Itabirito: Almir Sater é confirmado na Festa do Pastel de Angu, que acontece em outubro

Por Rodolpho Bohrer
0 comment

A Festa do Pastel de Angu em Itabirito retorna com programação presencial no mês de outubro. Para a edição de 2022, Almir Sater foi o escolhido pela prefeitura para ser o grande destaque do evento, que também contará com atrações locais.

Almir Sater é confirmado na Festa do Pastel de Angu em Itabirito
Almir Sater - Crédito foto: L R Parodi/reprodução/Almir Sater/Facebook

A festa, que tem toda a programação gratuita, acontece no dia 15, no Complexo Turístico da Estação, a partir das 13h.

As outras atrações confirmadas são:

  • Virtude do Samba
  • Ana e Douglas
  • Julia Reis
  • Inconfidentes no Choro
  • Deyvisson e Marcelo
  • Edu Santos

Com exceção dos dois anos da pior fase do período pandêmico da Covid-19, desde o ano 2000 a festa é realizada na cidade, todos os anos. O evento é sempre uma ótima oportunidade para degustar os deliciosos pasteis feitos pelas mantenedoras da receita original desta delícia de Itabirito.

O Pastel de Angu de Itabirito é tão famoso que é considerado patrimônio imaterial da cidade e atrai muitas pessoas da região. A iguaria típica da cidade tem como principais ingredientes de sua receita a massa de angu, com diversos recheios que vão desde a tradicional carne moída com umbigo de banana até variações mais modernas como pizza e bacalhau. A massa é crocante por fora e macia por dentro. Além da gastronomia, a festividade possui uma extensa programação cultural.

Almir Sater

Almir Sater, músico que atualmente está atuando na novela Pantanal, da Globo, está se destacando com o seu personagem Eugênio, ao lado do seu filho Gabriel Sater, que na novela é o peão Trindade.

Compositor, cantor, ator e multi-instrumentista, Almir Sater é considerado um dos maiores violeiros do país e é um dos responsáveis por manter a cultura da viola de dez cordas.

O músico lançou, em 1981,seu primeiro disco, chamado “Estradeiro”, que contou com a participação de Tetê Espíndola, sua conterrânea. Juntos, eles fizeram parte do movimento de divulgação da música do Mato Grosso do Sul.

Na música, Almir foi premiado após os sucessos, na década de 1990, das canções “Moura” e a clássica “Tocando em Frente”, interpretada por Maria Bethânia e feita em parceria com Renato Teixeira.

Comentários Facebook

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS