Paulinho é alvo de intolerância religiosa na sua estreia pela seleção principal

Por Davi Guimarães
0 comment

A Seleção Brasileira, que não emendava uma sequência tão ruim desde 2003, perdeu mais uma. Desta vez, para a Colômbia em noite iluminada de Luís Díaz. A convocação, que a princípio havia animado os torcedores, logo se tornou muito criticada pelos brasileiros.

Foto: Joilson Marconne / CBF / Flickr

Em mais uma partida ruim, o Brasil foi derrotado. E dessa vez, de virada. Os canarinhos até abriram o placar em linda jogada de Vini Jr e Gabriel Martinelli, mas foi só isso. O atacante dos Gunners marcou seu primeiro gol com a amarelinha aos 3 minutos da primeira etapa. Desde então, a pressão foi toda da equipe colombiana, comandada por James Rodríguez e Luís Díaz.

Confira os melhores momentos da partida de Colômbia 2×1 Brasil

Na segunda etapa, Paulinho fez sua estreia pela seleção principal. Um momento mágico na vida de todo atleta profissional. O que ele não esperava era que o Brasil perderia a partida de virada e o atacante ainda sofreria muitas ofensas nas redes sociais por conta da sua religião.

Paulinho entrou no lugar de Rodrygo aos 24 minutos da segunda etapa. Foto: Staff Images / CBF / Flickr

Paulinho hostilizado na web

Durante a partida, usuários do twitter iniciaram uma enxurrada de comentários preconceituosos contra Paulinho. O atacante do Atlético Mineiro é candomblecista e sempre faz questões de fazer suas comemorações em alusão a Exú, um dos principais orixás da religião.

Muitos internautas apagaram o post após a repercussão negativa. Mas alguns usuários do Twitter fizeram questão de gravar a tela e denunciar o preconceito contra o atleta atleticano

O Atlético condenou o preconceito e a intolerância contra Paulinho em um post realizado nessa tarde. Paulinho é o principal artilheiro do Galo na temporada ao lado de Hulk, ambos com 28 gols. O camisa 10 alvinegro também é o artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro com 16 gols.

Galo condenou os atos preconceituosos contra Paulinho

Paulinho agradeceu o apoio do Atlético e de outras pessoas que manifestaram apoio ao jogador, como o Deputado Federal Pastor Henrique Vieira. O atleta retweetou o post do parlamentar em que dá voz à liberdade religiosa.

Paulinho retweetou post do Pastor Henrique Vieira

Comentários Facebook

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS