Wagner e Tião responderam perguntas dos eleitores em live

Por Rodolpho Bohrer
Publicado: última atualização em 0 comment

Os candidatos do 14 à prefeitura de Itabirito, Wagner Melillo e Tião Cabeção, responderam perguntas de eleitores em uma live realizada na noite desta quinta-feira (22). Entre os assuntos abordados, eles falaram sobre a importância de dialogar com servidores municipais, as propostas para os esportes e a atuação do vice-prefeito na campanha e o suposto desvio dos 201 milhões.

Wagner e Tião responderam perguntas dos eleitores em live
Wagner e Tião em live - Foto: Divulgação

“Uma das nossas primeiras providências é fazer um estudo de plano de carreira, cargos e salário, porque há discrepância em relação aos horários. Às vezes a pessoa exerce a mesma função com diferença de horas trabalhadas. E alguns outros casos, os servidores de fora, os comissionados, chegam com um vencimento maior do que os servidores efetivos, que estão na função há muito tempo. Precisamos valorizar os servidores que trabalham, que demonstram sua capacidade de trabalho. Quando ele entra em um cargo comissionado, ele perde o cartão alimentação. São várias questões que precisam ser levantadas. Precisamos fazer justiça e fazer os direitos acontecerem”, disse Wagner.

Sobre essa pauta, Tião ressaltou que dentro da mesma empresa, do mesmo local de trabalho, não pode ter formas de trabalho diferentes, de tempo de trabalho, sem ter a compensação financeira.

Participação do Vice-prefeito

A participação do Tião na campanha foi outro questionamento enviado. Segundo Tião, campanha está boa e ele está participando. “Estou indo nos lugares onde eu sinto que tenho segurança em relação a pandemia que nós estamos enfrentando. De todos os candidatos, eu sou o mais velho, eu faço parte do grupo de alto risco do coronavírus. Política é interessante, eu amo a cidade, quero fazer o melhor por ela, mas eu tenho que me cuidar. Eu quero ser eleito vice-prefeito, mas eu preciso estar vivo. Eu tenho essa preocupação de, em primeiro lugar, estar vivo. A pandemia não está superada, nós estamos convivendo com ela”, disse.

Tião ressaltou também, que quando um candidato a vice-prefeito aparece mais que o prefeito, é porque o prefeito não tem competência. “Isso não acontece comigo. Eu me sinto extremamente seguro com o Wagner, de deixá-lo participando das coisas. Eu tenho um candidato a prefeito extremamente competente. Talvez, o mais preparado para ser o prefeito da nossa cidade. Por que eu tenho que aparecer e estar mais à frente que ele na campanha? Quando acontece isso, podem ter certeza, que estão tentando esconder a falha que o candidato a prefeito tem e a incapacidade dele de administrar a cidade”, destacou.

Esporte

Para apontar o descaso da atual administração com o esporte na cidade, em uma das perguntas, o eleitor citou a quadra da Vila Gonçalo, que está em péssimas condições.

“Eu já estive na quadra e, realmente, ela está abandonada. E não só lá, em outros lugares precisamos valorizar o esporte. Precisamos oferecer atividades para os jovens e adolescentes. A gente encontra com as pessoas e elas falam da falta de opção de coisas para fazer. Temos uma proposta, de não só melhorar a qualidade de estrutura física das quadras, como dar vida a esses lugares. Não adianta você criar a estrutura e a estrutura não ter dono, tem que ter uma pessoa tomando conta, ter um planejamento estratégico para funcionar, para ter modalidades de esporte funcionando. Não adianta só fazer a estrutura física, é preciso fazer uma estrutura de pessoas, de projetos para que o esporte caminhe bem na cidade.”, ressaltou Wagner.

201 milhões

Entre as perguntas enviadas, uma delas associava o nome do Wagner e do Tião com o suposto desvio dos 201 milhões de reais na cidade e os candidatos comentaram sobre o assunto. 

“Eu não sei se esse internauta sabe, mas eu trabalhava no SAAE, que tinha um CNPJ próprio, uma vida completamente separada administrativamente da prefeitura. Com isso, quero falar que eu trabalho com serviço público, na área de gestão, desde 1984 e eu quero que esse cidadão veja, nesse prazo, se a gente tem alguma coisa que abone a nossa conduta ou desvio de qualquer coisa. Hoje é muito fácil você consultar o nosso CPF, ou pelo nome, qualquer coisa que você faz no serviço público. Nós temos uma vida a demonstrar”, afirmou.

Wagner também lembrou que o atual prefeito usou o discurso de que iria provar o ocorrido como promessa de campanha na última eleição. “A outra eleição foi ganha pelo atual prefeito falando que ele iria fazer uma auditoria no município, que ele ia falar onde estavam os 201 milhões e, até hoje, nada foi feito. Cadê os 201 milhões, atual prefeito? Porque se prometeu, tem que cumprir. Porque se tiver alguém que eu conheço envolvido, essa pessoa precisa pagar”, disse.

Além desses assuntos, os candidatos responderam outras perguntas e convidaram a todos a conhecerem o plano de governo na coligação, que está disponível no site wagnermelillo.com.br.

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento de seus dados por este site.

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS