Chega de Saudade

NEWSLETTTER

RECEBA O NOSSO BOLETIM DE NOTÍCIAS DIARIAMENTE
Digite seu Nome:

Digite seu E-mail:

Escolha o tipo e/ou às localidades que você deseja receber notícias -

Destaques

Transporte e mensalidade escolar devem ser pagos durante a quarentena?

Uma questão importante tem afligido muitos pais pelo Brasil. Com o isolamento social, muitas pessoas estão deixando de trabalhar,...

Ouro Branco tem dois óbitos em investigação por coronavírus

A Prefeitura de Ouro Branco informou nesta segunda-feira (6), por meio da Secretaria Municipal de Saúde, que há dois...

Qual a mais bonita? Relembre as camisas do Atlético na década e vote na sua favorita

Sempre que começa uma temporada nova há uma expectativa sobre as novidades no elenco, qual o time titular e...

Prefeitura de Jeceaba confirma primeiro caso de coronavírus no município

Foi confirmado oficialmente, nesta segunda-feira (6), pela Prefeitura de Jeceaba, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, o primeiro...

Ovos de páscoa: conheça o trabalho de produtos feitos à mão

Época de semana santa, junto da páscoa, traz muitas celebrações religiosas e um comércio voltado, principalmente, para os chocolates....

“Chega de saudade” foi o tom da conversa impresso na última semana, seja pelo próprio significado etimológico da palavra, ou por percorrer labirintos da nossa vida, da nossa emoção, onde somente cada um de nós pode chegar.

A palavra saudade somente existe e representa algo dentro do vocabulário da Língua Portuguesa. Não vemos, mas sentimos, experienciamos um algo, um alguém, um lugar, um momento, uma sensação que foi, durou o tempo permitido, encerrando um ciclo e/ou uma etapa.

Seja na arte ou na vida, “Chega de saudade”, não é apenas um algo elucubrado pelos poetas ou andantes seresteiros desse mundo, mas a própria razão de existir de muitos, a realidade poetizada. 

Mais do que recordar, relembrar, o sentimento de saudade remete a uma vivência, seja agradável ou não, mas que traz elementos que nos constituem como seres humanos pensantes e emocionais, carregados de passados e muitas histórias.

Em muitos momentos, é um sentimento que embala nossos sonhos, humanizando nossas almas e suavizando as dificuldades do cotidiano. Por vezes, trazendo esperança e fazendo vibrar de alegria o mais fundo do recôndito do ser.

É viver…

Seja no sorriso que pulsa ou na mansidão que adormece as incertezas, somos guiados e regastar a saudade, o amor, a vida!!!! Viver intensamente todos os dias e a cada dia sempre mais. Reviver vivendo!!!

“Chega de Saudade”? Não! Vivamos a saudade, todos os momentos que nos fazem ser quem somos!!!

 

- Advertisement -