A dualidade na realidade atual

A atualidade nos revela uma realidade bastante instigante, da qual se apresenta no centro da discussão, o universo de contradições existentes no mundo. Há uma disparidade de ações e opiniões que confirmam o distanciamento…

Limiar do tempo… uma passagem pela vida

O início do fim. Fim de uma década, de uma geração. Entramos no limiar de um tempo. Um divisor de conceitos, valores, na tensão entre a estabilidade do que já é e a mudança que faz a diferença e nos faz sair da zona de conforto. Uns…

O trabalho colaborativo e as tecnologias

Na contemporaneidade, fala-se muito de trabalho colaborativo com o uso de tecnologias, mas será mesmo que essa forma de atuação pedagógica está inserida nos nossos espaços educacionais? O trabalho de forma colaborativa potencializa não…

O EU E O NÓS

As imagens do nosso cotidiano trazem elementos, cores... que (re) avivam em cada ser um  novo olhar, um novo horizonte. É um descortinar de sons, movimentos, emoções, sensações que alimentam a alma. Alimentar-se é ingerir, incorporar ao…

Chega de Saudade

“Chega de saudade” foi o tom da conversa impresso na última semana, seja pelo próprio significado etimológico da palavra, ou por percorrer labirintos da nossa vida, da nossa emoção, onde somente cada um de nós pode chegar. A palavra…

Que lugar ocupamos na sociedade?

Que lugar ocupamos na sociedade? Que lugar é este onde todos se encontram, se esbarram, constroem histórias e fazem das suas vidas um espetáculo à parte, no absurdo do caos da atualidade? É um espaço de idas e vindas, onde a cada dia, a…

O homem e a sua essência

A contemporaneidade traz elementos geográficos, históricos, socioculturais, que retratam uma concepção de homem que é traduzido muitas das vezes pelo “o que” carrega ao redor enquanto elemento material e muito menos por sua essência e pelo…

CERTO OU ERRADO?

Impressiona-me muito a falta de discernimento de algumas pessoas, principalmente ao conduzir de suas vidas por caminhos (anti)éticos. O certo é errado e o errado é o certo, me parece a lógica que ronda alguns círculos sociais e até mesmo…

Sabrina Guedes | Vida e Finitude

Viver é a expressão máxima da finitude, do diluir-se ao sabor dos segundos e categorizar o esvaziamento do ser. E como diria Schopenhauer, "viver é sofrer”, um padecimento, um martírio do saber que no hoje somos sim e no amanhã seremos não.…

O fim do mundo

O mercado publicitário da atualidade traz um comercial que desde a primeira vez em que assisti me chamou muito atenção pela temática apresentada, “O Fim do Mundo”. Colocando à parte as devidas considerações sobre o produto comercialmente…

…Uma construção (ir)racional?

Analisar a realidade humana é tecer um padrão estrutural de moral e ética, aos quais o ser humano é submetido, cujo o fim último pensa-se ser a felicidade. Mas que preço pagamos por esta tal felicidade que todos procuram, questionam e…