The news is by your side.

Educação: Mais de 7 mil alunos da Rede Pública de Itabirito recebem kits escolares para o ano letivo

A Prefeitura de Itabirito, por meio da Secretaria de Educação, distribuiu cerca de 7 mil kits escolares para crianças da rede pública de ensino ao longo dos primeiros meses do período letivo. Além dos kits para os alunos, foram disponibilizados mais 600 kits para os professores da rede pública municipal.

Os kits contemplam material escolar completo, além de mochila e garrafa de água. Além dos materiais escolares, a Prefeitura ainda distribuiu uniformes completos aos estudantes, como camisa, calça, bermudas, short-saia, papete, meia e tênis. Ao todo, foram mais de 52 mil peças ofertadas aos estudantes itabiritenses.

Para a secretária de Educação, Iracema Mapa, a distribuição de kits e uniformes é um investimento para o futuro de Itabirito, com o objetivo de proporcionar um ambiente de aprendizado acolhedor e igualitário à todos os cidadãos.

A iniciativa visa fortalecer o ambiente de aprendizado e proporcionar aos estudantes ferramentas necessárias para o desenvolvimento educacional. Em muitas cidades, as prefeituras têm se dedicado a implementar programas que visam fornecer material escolar para os alunos como Mariana, Vila Velha, São Paulo, dentre outras.

Essas medidas visam garantir o acesso aos recursos para que os jovens consigam exercer suas atividades escolares com conforto e qualidade

Famílias elogiam o Kit Escolar

Os kits, que são fornecidos conforme idade, necessidades educativas e ano escolar. A entrega, que contempla estudantes da rede municipal de ensino da educação infantil até os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), vem sendo muito elogiado pelos familiares e responsáveis dos alunos, que veem nessa ação, um incentivo ao bom desempenho nas escolas.

Meu filho sempre estudou em escola municipal e eu quero que continue assim. O ensino do município é excelente. Não tenho do que reclamar. Além disso, hoje, a Prefeitura fornece muito material para os alunos

Fabíola Olibeira, mãe de aluno da Escola Municipal Guilherme Hallais França