AcidenteCelebridadesMúsicaTragédia

Gabriel Diniz: Amigos e celebridades prestam homenagens ao cantor

O dono do hit do carnaval 2019 morreu na tarde de hoje (27) após a queda do avião que o transportava

O cantor Gabriel Diniz, dono do hit do carnaval “Jenifer”, morreu na tarde de hoje (27), após o avião que levava o cantor e outras duas pessoas cair em Sergipe. O cantor, de 28 anos, estava indo para Maceió, onde comemoraria o aniversário da namorada.

Nas redes sociais amigos e celebridades postaram homenagens para Gabriel, que estava no auge da sua carreira. Confira as postagens:

 

Ver essa foto no Instagram

 

descanse em paz, amigo. sua alegria vai fazer muita falta aqui. ⚫️ #luto

Uma publicação compartilhada por marilia mendonça (@mariliamendoncacantora) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Meu Deus do céu Gabriel cara, a conclusão que eu tenho hoje é que nada faz sentido!! Eu nunca vou esquecer irmão daquele tempo, vc estourado e eu menino novo indo fazer show em João Pessoa, a moral que vc me deu irmao eram umas 200 pessoas numa sala de hotel, eu disse que ia te imitar e vc apareceu de surpresa, isso nunca vai sair da minha cabeça Irmao!!!! Muito medo dos últimos tempos, Deus conforte a família dos pilotos, as esposas, os filhos, os pais e mães. Não compartilhem fotos desse momento triste, se receber, não baixe, apague, e diga a quem mandou que pare de mandar e apague tbm! Ter fotos de algo tao triste pra alguém é crueldade. Que alguém nos ajude logo a entender logo o que está acontecendo.

Uma publicação compartilhada por Whindersson Nunes (@whinderssonnunes) em

 

Campanha contra o compartilhamento de imagens

 Alguns artistas como Whindersson Nunes e Marília Mendonça iniciaram uma campanha contra a veiculação e o compartilhamento de imagens do acidente e das vítimas. Com a hastag #NãoCompatilheADor internautas e artistas pedem para que fotos do corpo e do acidente não sejam compartilhadas na internet.

 

Veicular ou compartilhar fotos e vídeos de pessoas mortas é crime pelo Artigo 212 do código penal brasileiro. A pena para quem cometer tal infração é de detenção de um a três anos e multa.

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios