Belo HorizonteBH e RegiãoGoverno FederalJair BolsonaromanifestaçãoNotíciasNotícias da Reforma da PrevidênciaProtestoReforma da Previdência

Greve do dia 14 terá a adesão de bancários de BH e região

A paralisação vai acontecer por todo o país e vários outros setores confirmaram participação

Sindicatos de todo o Brasil convocaram trabalhadores das mais variadas categorias para um greve geral nesta sexta-feira (14).  Desta vez, a greve tem como objetivo protestar contra a reforma da previdência e já recebeu a adesão de diversos setores. Em Belo Horizonte, os bancários já anunciaram que vão aderir a greve.

Dessa forma, o ato vai dar continuidade as paralisações que estão ocorrendo pelo país desde o dia 15 de maio. Além dos bancários, o metroviários de BH também vão aderir a greve. Portanto, o metrô não vai funcionar na data. Eles ainda pretendem se reunir na quinta-feira (13), para dar os últimos informes sobre a adesão.

Porém, o objetivo da greve não é simplesmente cruzar os braços, mas também ocupar os locais da cidade. Por isso, serão realizados diversos atos pelo país.

Em Belo Horizonte, a ação vai unificar trabalhadores, estudantes e movimentos sociais, na praça Afonso Arinos, a partir das 11h. Eles vão reivindicar mais empregos para população, além de lutar contra os cortes na educação.

Adesão e atos pelo país 

Assim como nas última paralisações, a greve deve adesão nacional e vai acontecer em diversos estados. Em São Paulo, o ato será na Avenida Paulista, no vão livre do Masp, a partir das 16h. No Rio de Janeiro, as ações vão acontecer às 15h na Candelária, com caminhada até a Central do Brasil.

A lista completa dos locais, horários e estados onde vão acontecer as ações podem ser acessadas aqui.

 

 

Facebook Comments

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios