Orquestra Ouro Preto lança versão de “Imagine”, de John Lennon

Nesta sexta, dia 10 de abril, o Maestro Rodrigo Toffolo fará um lançamento que promete emocionar a todos: a versão de “Imagine”, de John Lennon, pelos timbres da Orquestra Ouro Preto, será disponibilizada em todas as plataformas digitais. Na data, haverá uma live especial sobre esse grande sucesso dos Beatles, no Instagram @orquestraouropreto, às 16h. Em 2015, o grupo gravou o CD The Beatles – Volume I, propondo uma vibrante viagem sonora pela biografia musical do quarteto de Liverpool. No repertório do projeto constava a música “Imagine”. Porém, por questões relacionadas a direitos autorais, ela não foi lançada.

Para o maestro, a canção traz uma mensagem positiva. “Ela foi lançada em 1971 e desde então é considerada um hino sobre o amor e a paz com uma importância musicológica ímpar. Não poderíamos apenas adicioná-la aos concertos sem a devida atenção. Com o caos instaurado pelo contágio maciço do Coronavírus e o distanciamento social instaurado, acreditamos que o poder dessa música possa acalentar muitas pessoas”, ressalta Rodrigo Toffolo.

Desde que a ideia veio à tona, toda a equipe da Orquestra não mediu esforços para conseguir disponibilizar o trabalho em todas as plataformas de streaming e seu clipe no YouTube. “Nessa hora, todos os esforços valem a pena e, os nossos são mínimos, se comparados aos dos profissionais que precisam estar nas ruas, sofrendo risco de contágio, ou dos médicos e enfermeiras que estão na linha de frente. Eles merecem muito todas as homenagem e aplausos”, conclui Toffolo.

The Beatles – Volumes I e II

Desde a gravação, em 2015, a série The Beatles percorreu diversas cidades, incluindo participação na última edição da International Beatle Week – tradicional evento inglês dedicado à obra dos Beatles -, em Liverpool, onde se destacou em três elogiados concertos, como no Philharmonic Hall de Liverpool, uma das salas mais importantes da Inglaterra.

O repertório abrange todo o período de produção artística dos Beatles, de grandes sucessos até canções menos conhecidas, em arranjos inéditos. Destaque para Day Tripper, Yesterday, Help, Eleanor Rigby, Something e Hey Jude. Os arranjos ficaram a cargo do violinista Mateus Freire.

E, após o sucesso de crítica e público, a Orquestra Ouro Preto lançou em 2016, o segundo tributo aos Beatles. Com novas canções no repertório e arranjos inéditos, o repertório de Orquestra Ouro Preto – The Beatles Volume II é composto pelas músicas “Can’t Buy Me Love”, “Here Comes The Sun”, “The Long and Winding Road”, “Revolution I”, “Lady Madonna”, “I Fell Fine”, entre outras.

História da Orquestra

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto completa 20 anos de atividades ininterruptas neste ano e se reafirma como uma orquestra de vanguarda. Sob a regência e direção artística do Maestro Rodrigo Toffolo, o grupo de dedica à formação de diferentes públicos, com uma extensa programação nas principais salas de concerto e espaços diversos no Brasil e no mundo.

Sob os signos da excelência e versatilidade atua também em projetos sociais e educacionais que vão muito além da música, como o Núcleo de Apoio a Bandas e a Academia Orquestra Ouro Preto. Premiado nacionalmente, o grupo comemora 20 anos de uma trajetória com onze trabalhos registrados em CD, sete DVDs. Foi vencedora do Prêmio da Música Brasileira em 2015, na categoria “Melhor Álbum de MPB”, e indicada ao Grammy Latino 2007, como “Melhor Disco Instrumental”, por Latinidade. Os discos “Latinidade – Música para as Américas”, “Antônio Vivaldi – Concerto para Cordas” e “The Little Prince”, versão em inglês do tributo prestado pela Orquestra à literatura de Saint-Exuperry, tem distribuição mundial pela gravadora Naxos, a mais importante do mundo dedicada à música de concerto.

Veja também: Luan Santana fará live com suas músicas antigas

Comentários