Passagem Aérea de R$ 200: como receber?

0 comment

Atualmente, muitos brasileiros sonham em viajar de avião, mas o alto preço das passagens pode tornar esse desejo inacessível para muitos. No entanto, um novo programa do Governo Federal pode permitir que certos grupos desfrutem de passagens aéreas por apenas R$ 200.

O anúncio desse programa causou controvérsia recentemente. No entanto, há indícios de que várias companhias aéreas estão interessadas em participar dessa iniciativa, que tem potencial para democratizar o acesso ao transporte aéreo no Brasil e trazer vantagens tanto para as empresas quanto para a população. Saiba mais a seguir.

Passagem aérea de R$ 200: como receber
Brasilia, Brazil - November 20, 2015: TAM Airlines Airbus 320 parked at airport in Brasilia, capital of Brazil. TAM is the Brazilian brand of Latam Airlines and the largest Brazilian airline.

É verdade?

No dia 15 de março, o ministro de Portos e Aeroportos, Marcio França (PSB), confirmou que companhias aéreas demonstraram interesse em participar do programa que visa oferecer passagens aéreas por R$ 200. França revelou que tanto a Azul quanto a Gol manifestaram interesse na iniciativa.

Segundo França, a Latam também possui uma alta probabilidade de confirmar sua participação no programa, conforme relatado pelo UOL. Entretanto, o programa, intitulado Voa, Brasil, não será disponibilizado para todos os cidadãos.

Em geral, a medida beneficiará apenas os pensionistas e aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), os estudantes vinculados ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) e os servidores públicos, independentemente da esfera de atuação – federal, estadual ou municipal – desde que recebam uma remuneração máxima de R$ 6,8 mil por mês.

Data de lançamento do programa

De acordo com o Ministro, as companhias aéreas Gol e Azul estão avaliando a forma como a oferta de passagens será realizada no âmbito do programa “Voa, Brasil”. Ambas empresas manifestaram opinião positiva em relação à iniciativa do Governo Federal e se colocaram à disposição para contribuir com o programa.

A Azul emitiu uma nota informando que já está em contato com o Ministério liderado por França para discutir mais detalhes sobre o projeto. Enquanto isso, a Gol comunicou que está constituindo um grupo de trabalho para analisar detalhadamente o programa, mas também afirmou estar pronta para colaborar com o Governo Federal.

As estimativas iniciais apontam para a emissão de aproximadamente 12 milhões de passagens através deste programa. Segundo França, a ideia é que cada indivíduo com direito possa adquirir duas passagens anuais, permitindo que um acompanhante também possa viajar. O pagamento poderá ser parcelado em até 12 vezes e o financiamento será feito pelo banco da Caixa Econômica Federal, que ficará responsável pelo pagamento às empresas aéreas participantes do programa.

Comentários Facebook

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você concorda com isso, mas você pode cancelar se desejar. aceitar LER MAIS