Prefeitura de Ouro Preto entrega 50 leitos para o enfrentamento ao coronavírus

A Prefeitura de Ouro Preto está se estruturando para o enfrentamento ao coronavírus. Com a projeção do pico de casos da doença para o fim do mês de abril e início de maio, o município inaugurou, na última segunda-feira (13), um hospital de campanha para atender parte da população que esteja com sintomas da Covid-19. A estrutura foi montada na antiga fábrica de tecidos, isolada do resto da cidade, e conta com 50 leitos, podendo ter sua capacidade dobrada.

O prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta, que acompanha diariamente a montagem das instalações do Centro Avançado, destacou a necessidade de adotar todas as medidas preventivas e de contenção possíveis neste momento. “Existe a perspectiva de um aumento considerável no número de casos nas próximas semanas, por isso temos que estar preparados para este momento”, declarou.

Os leitos contam com equipamentos para atender tanto os pacientes com quadro estável quanto para os estágios mais graves da doença, como a bomba de infusão para fazer o controle dos medicamentos dados ao paciente, o monitor para acompanhar o quadro os dados do estado de saúde da pessoa, o respirador para distribuir o oxigênio e o desfibrilador, caso alguém sofra uma parada cardíaca.

Os profissionais de saúde que irão prestar servições e assistência aos casos suspeitos de coronavírus em Ouro Preto tiveram um treinamento na última semana para exercer o trabalho. Cerca de 32 profissionais, entre médicos de atenção primária à saúde, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e profissionais da odontologia participaram da capacitação e irão atuar no Centro Avançado de Enfrentamento ao Covid-19 que está sendo criado no Centro de Eventos (antiga Fábrica de tecidos).

A iniciativa do município é em parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e visa a importância de seguir os protocolos e orientações sobre o manejo clínico de casos suspeitos.

Veja também: Hospital Santa Casa de Ouro Preto cede respirador para BH para o enfrentamento ao coronavírus

Comentários