Recentemente, a Caixa Econômica Federal anunciou uma nova iniciativa para beneficiar microempreendedores que utilizam o Caixa TEM como conta bancária. Agora, a instituição financeira está oferecendo um incentivo financeiro para aqueles que desejam investir em seus negócios.

De acordo com o anúncio, a Caixa irá pagar até R$ 4,5 mil para os usuários do Caixa TEM que queiram investir em seu negócio. O valor será disponibilizado na forma de um empréstimo com juros baixos e pagamento facilitado.

O Caixa TEM é uma conta digital gratuita que foi criada pela Caixa Econômica Federal para atender a população de baixa renda e os microempreendedores. Através dela, é possível receber e fazer transferências, pagar contas, recarregar celular, entre outras operações bancárias.

Para solicitar o empréstimo, o usuário do Caixa TEM deve acessar o aplicativo e selecionar a opção “Microcrédito”. Em seguida, é necessário preencher um formulário com informações sobre o seu negócio e a finalidade do empréstimo.

Após a análise das informações, a Caixa irá avaliar a solicitação e, se aprovada, o valor será depositado na conta do usuário do Caixa TEM. O pagamento do empréstimo será feito em parcelas mensais, com juros baixos e prazo estendido.

Essa iniciativa da Caixa Econômica Federal é uma ótima oportunidade para os microempreendedores que desejam expandir seus negócios e superar as dificuldades financeiras causadas pela pandemia. Com juros baixos e prazo estendido para pagamento, o empréstimo pode ser uma excelente alternativa para alavancar o crescimento e a sustentabilidade do negócio.

No entanto, é importante ressaltar que o empréstimo deve ser utilizado de forma consciente e responsável. É necessário planejar bem a aplicação do dinheiro e garantir que o investimento trará retorno financeiro para o negócio. Além disso, é importante avaliar cuidadosamente as condições do empréstimo e as taxas de juros para garantir que o negócio terá capacidade de arcar com as parcelas mensais.

Para PF

  1. O valor máximo de solicitação é de R$ 1,5 mil;
  2. O valor dos juros máximos podem chegar a 3,99% ao mês;
  3. O prazo para pagar é de 24 meses, no máximo;
  4. Se você está com o nome sujo, não precisa se preocupar, pois a contratação ainda é possível. Entretanto, ela só vai funcionar se seus débitos não forem maiores do que R$ 3 mil.

Para PJ

  1. O valor máximo de solicitação, neste caso, é de R$ 4,5 mil;
  2. O prazo para pagar é o mesmo;
  3. Os juros variam, mas podem ser de, no máximo, 3,60%;
  4. Empresas com débitos inferiores a R$ 3 mil em aberto também podem realizar a contratação do crédito;
  5. O faturamento da sua empresa também não pode ultrapassar de R$ 81 mil anualmente;
  6. Por último, é importante que você esteja com o CNPJ aberto por um período mínimo de um ano.

COMENTÁRIOS
Share.

Redator gaúcho, formando em Jornalismo pela ULBRA-CANOAS. Gosta de tecnologia e da comunicação no seu sentido geral.