Menu

Vantagens e desvantagens dos cartões de crédito e débito

Para muitos, a opção de crédito, embora possua juros maiores, pode ser positiva em relação a organização das contas. Já para outros, o cartão de débito é melhor, pois não deixa compromissos financeiros para depois. 
04/02/2022 às 15:36
Tempo de leitura
7 min

Cartão de crédito ou débito? Qual é a melhor opção? Essas são algumas das principais perguntas de quem acabou de abrir uma conta online PJ ou comum, e não sabe qual é a melhor maneira de lidar com as finanças. 

Uma pesquisa realizada pelo SEBRAE apontou que em 2021 houve um crescente no número de microempresas que aderiram o uso das máquinas de cartão. O percentual para este grupo de empresas que utilizam a máquina para passar o cartão dos seus clientes, era de 39% em 2016, subiu para 56% no último ano. 

Enquanto alguns rejeitavam a tecnologia digital, devido aos juros sobre o serviço, outros empresários viram nas pequenas máquinas móveis a oportunidade de vender mais, afinal, atualmente 60% das pessoas preferem pagar suas compras com dinheiro em espécie, enquanto que 40% optam pelos cartões, foi o que revelou uma pesquisa feita pelo Banco Central em 2018. . 

Com posse dessas informações, que o mercado está se rendendo às maquininhas e que boa parte do consumidor prefere usar cartão, fica uma dúvida, na hora de pagar, é melhor postergar, usando um serviço de crédito, ou pagar “à vista” com a opção débito? Essa é uma questão relativamente simples de resolver. Entretanto, possui algumas variáveis.

É preciso considerar que cada família possui o seu sistema monetário. Para muitos, a opção de crédito, embora possua juros maiores, pode ser positiva em relação a organização das contas. Já para outros, o cartão de débito é melhor, pois não deixa compromissos financeiros para depois. 

Sem dúvida pagar as compras “à vista” é muito melhor do que a prazo, inclusive psicologicamente. Porém, um cartão de débito não oferece as facilidades tentadoras do cartão de crédito, a principal delas, a opção de parcelamento. 

Para compreendermos melhor as diferenças entre os dois tipos de pagamento, vamos saber quais são as vantagens e desvantagens do cartão de crédito e débito. 

Cartão de crédito 

Cartão de crédito 

O cartão de crédito não tem origem no Brasil. Ele foi criado em 1920 (charge card) nos Estados Unidos, oferecendo algumas qualidades que não havia em lugar nenhum no mundo. 

O cartão de crédito brasileiro foi criado pelo Sistema Financeiro Nacional. Ele oferece facilidades diferentes do que é praticado em outros países neste sentido, como parcelamento de compras sem juros, que é um dos principais atrativos. 

Vantagens de ter um cartão de crédito

– Possibilidade de concentrar todos os pagamentos para uma data do mês: é possível pagar todas as contas da casa e o que se comprou durante o mês em uma data específica, àquela que você escolheu para o vencimento do boleto do cartão de crédito.

– Parcelamento sem juros: alguns estabelecimentos oferecem a opção de pagamento em até 12 vezes sem juros.

– Segurança: você não precisa andar com dinheiro no bolso e para usar o cartão é preciso ter senha, logo, se ele for roubado, ainda é difícil que infratores façam uso do limite do cartão de crédito, e o consumidor pode bloquear ligando para o banco.

– Poder de compra: muitas vezes o valor do salário não permite que uma pessoa compre um produto mais caro. Usando um cartão de crédito é possível que, por exemplo, uma pessoa com renda de R$ 2 mil, compre um produto com o mesmo valor do seu salário, porém pagando em suaves prestações e sem juros.

– Programas de bônus e milhas: são programas criados pelas instituições financeiras que oferecem cartões de crédito para impulsionar o seu uso. Quanto mais uma pessoa usa o cartão mais pontos ela acumula e pode revertê-los posteriormente por produtos ou viagens.

– Socorro financeiro: imprevistos que exigem pagamento podem acontecer a qualquer momento. Para evitar ter que pedir dinheiro emprestado para familiar ou amigos, muitas pessoas preferem ter posse de um cartão de crédito, mesmo que seja com um limite baixo, somente para os momentos emergenciais.

– Aplicação de dinheiro: pagando no crédito e aplicando o dinheiro que está parado na conta é possível ter um rendimento que, embora seja pouco, não pode ser desprezado. Quando se aplica, deve-se pensar a longo prazo, imagine ganhar R$ 20 mensalmente durante um ano e durante uma década. É algo para se pensar.

Desvantagens do cartão de crédito 

– Pagamento de anuidade: para fazer o uso de um cartão de crédito é preciso pagar anuidade, alguns até mesmo mensalidade.

– Juros: em outubro de 2021 a taxa de juros total dos cartões de crédito foi de 67,9 %. Essa taxa sofre alterações de acordo com variações mercadológicas. O principal problema é quando ocorre atrasos no pagamento do boleto do cartão, que pode fazer esses juros disparar.

– É difícil de conseguir: além de não estar negativado no Serasa e SPC, é preciso ter um bom score, ou seja, pontuação de boa conduta na “praça”

– É tentador: quem não tem educação financeira pode ter a vida econômica prejudicada ao comparar além do que pode e criar um ciclo muito conhecido, que consiste em precisar pagar a fatura do cartão de crédito para pode voltar a ter “dinheiro”.

Cartão de débito 

Cartão de dédito 

O cartão de débito é aquele que se usa quando se deseja pagar alguma coisa à vista, porém sem usar o dinheiro físico (nota ou moeda). O valor é debitado da conta imediatamente após o seu uso, por meio de uma transferência bancária realizada internamente entre banco e lojista. 

Ele surgiu quase junto com o cartão de crédito, porém teve uma evolução entre as décadas de 50 e 60, quando os americanos Fred McNamara e Ralph Schneider fundaram juntos a primeira empresa de cartões do mundo, denominada Diners Club. 

Vantagens de usar cartão de débito 

– Não ter dívida bancária: usando um cartão de crédito você não acumula dívidas no banco se não fizer uso de nenhum outro produto financeiro, como cheque ou empréstimo.

Não tem juros: as compras realizadas no débito não angariam juros, por isso você paga mais barato, afinal, nada estará incluído no valor pago, nem taxas de anuidade e nem qualquer outra.

Qualquer pessoa pode ter: não é preciso ter uma conta corrente para ter um cartão de débito, qualquer pessoa pode abrir uma conta poupança e adquirir um destes cartões para realizar suas compras, mesmo estando negativado nos órgãos de proteção ao crédito.

– Segurança: assim como o cartão de crédito, o de débito é mais seguro do que andar com dinheiro em espécie.

Desvantagens do cartão de débito 

– O dinheiro apenas sai: o cartão de débito não oferece nenhuma outra possibilidade que não seja receber dinheiro, sacar ou usá-lo para pagar compras e contas, sendo assim, o consumidor não recebe nenhuma contrapartida pelo seu uso constante.

– Não dá para parcelar : como não tem a opção de parcelamento, o consumidor só consegue utilizar o valor que está na conta. Não dá para comprar produtos mais caros do que o valor que se recebe mensalmente, por exemplo.

Cartão misto 

Com controle, um pouco de educação financeira e consciência, o mais indicado é usar um cartão misto, aquele que vem com as duas funções, crédito e débito

Para isso o consumidor precisa se atentar a data de vencimento do boleto do cartão de crédito, pois, se descuidar demais, pode usar o valor no débito, deixando a conta sem os “dígitos” necessários para o faturamento do boleto. 

COMENTÁRIOS
Última atualização em 19/08/2022 às 05:26