Sobe de 17 para 48 casos de investigação do coronavírus em Minas Gerais

Sobe de 20 para 52 notificações de casos com suspeita de coronavírus em Minas Gerais, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. A primeira suspeita em Minas Gerais foi notificada no dia 28 de janeiro e, até hoje, 48 casos estão em investigação e quatro foram descartados. Até o momento, nenhum caso foi confirmado no estado.
De sexta-feira (28) até esta segunda-feira (2), foram 31 casos notificados em Minas Gerais. A capital mineira, Belo Horizonte subiu de oito para 19 casos suspeitos. Além disso, cidades da Região Metropolitana de BH também tiveram notificação, sendo uma em Betim e quatro em Contagem.
A cidade de Varginha, no Sul de Minas, não tinha nenhuma notificação até a última semana, mas agora está com quatro casos em investigação. E ainda, Divinópolis, Lavras, Mutum e Sete Lagoas tiveram uma notificação desde sábado (29) até hoje.
Em Ipatinga, a Prefeitura Municipal chegou a conceder uma entrevista coletiva, no último sábado, ao lado de autoridades do Hospital Márcio Cunha e por meio de infectologistas da rede municipal, esclarecendo à população que não há casos de suspeita de coronavírus na cidade. Porém, no mais recente Informe Epidemiológico Coronavírus, da Secretaria de Estado de Saúde, lançado nesta segunda-feira, há um caso em investigação da doença no município do Vale do Aço.
Com apenas três dias, Uberlândia subiu de dois para três casos em investigação. Já Barbacena, Juiz de Fora, Montes Claros, Ouro Preto, Uberaba e Viçosa permanecem com um caso em investigação.
[pdf-embedder url=”https://maisminas.org/wp-content/uploads/2020/03/02-03-BoletimCoronavirus-1.pdf” title=”Sobe de 17 para 48 casos de investigação do coronavírus em Minas Gerais”]

No Brasil

O Ministério da Saúde divulgou nesta segunda-feira que o Brasil tem 433 casos suspeitos de coronavírus. Nenhum novo caso foi confirmado nesse novo balanço e o país permanece com dois casos confirmados da doença. Os dois infectados são brasileiros que estiveram recentemente na Itália. Os dois seguem em isolamento domiciliar.

Mortes pelo coronavírus

O balanço mais recente realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que apresenta dados do último domingo (1), apontava 2.977 mortes causadas pelo coronavírus. Somando as mortes noticiadas nesta segunda desde o boletim da OMS, são cerca de 3.030 mortes entre quase 90 mil casos confirmados da doença no mundo.

O que é o coronavírus?

O coronavírus é um vírus que causa infecção respiratória, com sintomas similares da gripe. Os sintomas são: febre, espirro, tosse, dificuldade para respirar e falta de ar.

Prevenção do coronavírus

  • Evite contato próximo com pessoas que apresentam infecções respiratórias;
  • Lave bem as mãos;
  • Evite tocar os olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos;
  • Evite compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Evite contato com animais doentes;
  • Cozinhe bem ovos e carne.

Não compartilhe mensagens falsas. Antes de passar uma informação adiante verifique a fonte original, cheque a data da divulgação, leia a matéria completa e verifique o histórico de quem compartilhou.

Comentários estão fechados.